Menu
SADER_FULL
sexta, 6 de agosto de 2021
Busca
Brasil

Consumo das famílias cresce sem parar por mais de 6 anos, aponta IBGE

9 Jun 2010 - 10h34Por Folha Online

O consumo das famílias voltou a crescer em patamares mais elevados no primeiro trimestre, próximo ao que era constatado em 2008. A alta de 9,3% ante igual período no ano anterior é semelhante à taxa verificada no período de julho a setembro daquele ano. A demanda das famílias cresceu, nessa comparação, pelo 26º trimestre consecutivo.

No primeiro trimestre de 2009, o consumo das famílias havia subido apenas 1,5%. Sem jamais ficar negativa, vem se recuperando, até chegar aos 9,3% nos três primeiros meses deste ano.

"Houve um leve desaquecimento no mercado de trabalho, e também na oferta de crédito, influenciando a redução do ritmo de crescimento do consumo das famílias. Mas agora, voltou a crescer no ritmo notado em 2008", afirmou a gerente de contas trimestrais do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Rebeca Palis.

Pela ótica da demanda, o consumo das famílias representou 62,8% do PIB.

Ela lembrou que as desonerações concedidas pelo governo, principalmente para automóveis, geladeiras e fogões, ajudaram a manter em alta a demanda das famílias.

Apesar de ter crescido em ritmo menor, o consumo das famílias manteve-se como um dos pilares do crescimento econômico no primeiro trimestre. Em relação ao trimestre imediatamente anterior, subiu 1,5%, abaixo dos 2,1% constatados no quarto trimestre. Palis minimizou essa retração.

"Houve uma redução no ritmo, no primeiro trimestre de 2009. Depois disso, o consumo se recuperou de forma mais forte, baseado naquele resultado menor. Agora, ele está voltando para um patamar mais normal", observou.

Crescimento

Em ritmo mais forte de expansão após a crise, a economia brasileira cresceu 9% no primeiro trimestre de 2010, ante o mesmo período do ano passado, a maior variação desde o início dessa base de comparação na série histórica, em 1996.

Frente ao quarto trimestre, a alta do PIB foi de 2,7% , registrando o maior aumento nesse comparativo desde a expansão contabilizada no primeiro trimestre de 2004 (2,8%).

O PIB, que mostra o comportamento de uma economia, é a soma dos bens e serviços produzidos por um país --é formado pela indústria, agropecuária e serviços.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

HORROR NA NOITE
Homem mata ex de 16 anos a facadas e deixa bebê "banhado" por sangue da mãe
TRAGÉDIA NA PISTA
Ônibus tomba em rodovia com 46 passageiros; casal e bebê morrem
FÁTIMA DO SUL - ORLA TCHAU FRIO!!!
TCHAU FRIO: Nova onda de calor deve chegar na próxima semana, confira a previsão
SUPERÁVIT
Petrobras anuncia lucro líquido de US$ 8 bilhões no segundo trimestre
BRASIL - 20.026.502 INFECTADOS
Brasil ultrapassa 20 milhões de casos de covid-19
TRAGÉDIA NA RODOVIA
Caminhoneiro embriagado invade pista contrária e mata cinco pessoas
ASSALTO À LOJA
Bandidos roubam loja e trocam tiros com a PM; numa ação audaciosa: veja fotos e vídeos
DOENÇA DO SÉCULO
Vídeo: cantora alerta famílias após filho de 16 anos cometer suicídio; "internet está doente"
BRASIL - 558.432 MORTES
Covid-19: casos sobem para 19,98 milhões e mortes, a 558,4 mil
AMOR BANDIDO
Homem leva facada da esposa, perdoa e casal sai de mãos dadas da delegacia