Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Construção Civil tem alta de 0,55% em MS; 7º menor no país

4 Ago 2004 - 10h55
O Índice de Mato Grosso do Sul da Construção Civil subiu 0,55% em julho, abaixo da do índice nacional qu teve alta de 0,94%. Mato Grosso do Sul teve a a menor elevação entre os estados da região Centro-Oeste e foi o 7º estado onde os índices menos cresceram.

O custo estadual por metro quadrado foi de 467,41 relativos aos materiais, que tiveram uma pequena alta. Mas, no ano, a consrução civil, em Mato Grosso do Sul, teve um crescimento de 6,50%, sendo o 8º maior índice entre as Unidades da Federação.


As regiões Sul e Centro-Oeste ficaram acima da média nacional, com altasem julho de 1,70% e 1,38%, respectivamente, devido aos reajustes salariais ocorridos no Paraná e no Mato Grosso. Entre os estados, Mato Grosso teve o maior índice também por causa do reajuste salarial das categorias profissionais.

O Índice Nacional da Construção Civil é calculado mensalmente pelo IBGE em convênio com a Caixa Econômica Federal e desde o ano passado é usado pela Caixa para o cálculo dos custos na avaliação de projetos e pelo Tribunal de Contas da União (TCU) para auditorias em obras públicas.
 
MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada