Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 17 de junho de 2021
Busca
Brasil

Condutores devem atentar à presença de animais silvestres

5 Jan 2010 - 16h28Por Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

Não é raro na Capital e no interior do Estado encontrarmos quatis, macacos, mutuns, cutias, tatus, lobinhos, capivaras, gambás, sagüis e até mesmo veados, representantes da fauna silvestre de nossa região, atravessando, subitamente, ruas e rodovias.

Os condutores de veículos automotores ao transitarem pelas vias públicas próximas a áreas de conservação natural, como por exemplo a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, o Parque dos Poderes, na Capital, além de rodovias e áreas urbanas em todo o Estado, devem reduzir a velocidade de forma compatível com a segurança e à velocidade máxima permitida, a fim de evitar atropelamento não só de transeuntes, mas também de animais silvestres.

O governo estadual instalou nas vias do Parque dos Poderes várias placas de sinalização com mensagens aos condutores como “Dirija devagar”, “Quem voa são os pássaros”, “Cuidado, pedestres na via”, com o objetivo de conscientizar os condutores de veículos a redobrarem atenção nesses trechos.

“As pessoas precisam respeitar a velocidade máxima permitida e ficarem atentas aos animais às margens da pista, pois o comportamento deles é inesperado”, alerta o gestor do Parque Estadual do Prosa, o biólogo Pedro Menezes.

A Polícia Militar Ambiental disponibiliza um telefone para receber denúncias de crimes ambientais em todo o Estado, como atropelamentos, maus-tratos e tráfico de animais: 67 3314-4920.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial