Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Concurso para Cartórios em MS exige agora teste de HIV

25 Fev 2011 - 05h51Por Agência Aids

O concurso público para cartorários em Mato Grosso do Sul, que se arrasta sem conclusão desde novembro de 2008, criou uma nova exigência para os candidatos: o teste do HIV. A obrigação consta da relação publicada no edital 30/2011 e que prevê uma série de exames de saúde física e mental, como hemograma e eletrocardiograma.

Portaria do Ministério do Trabalho e Emprego (1246/2010) proíbe que testes para detectar a Aids sejam exigidos pelas empresas aos seus funcionários. Já no ingresso ao serviço público federal, a portaria interministerial 869/1992 também veda a exigência. A aplicação de testes de HIV em trabalhadores não é permitida ainda no Programa Nacional de Direitos Humanos.

Na fase atual, 49 candidatos estão aptos a participar da etapa de exames. O Tribunal de Justiça (TJ/MS), organizador do concurso, informou por meio da assessoria de imprensa que essas leis e portarias não se aplicam ao servidor público estadual, que possui regime jurídico e previdenciário próprios. Acrescenta que ninguém será eliminado do concurso apenas por ter HIV, e se alguém se sentir lesado, pode recorrer.

Os candidatos submeteram-se aos exames entre os dias 25 e 28 de janeiro e o resultado está previsto para ser divulgado esta semana.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS