Menu
SADER_FULL
quinta, 6 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

Conab retoma leilões de soja a partir de quarta-feira

26 Mar 2007 - 10h37

A Conab vai realizar nesta semana leilões de soja com subvenções para 2 milhões de toneladas oriundas de onze estados. Pelo Prêmio Equalizador ao Produtor (Pepro), será ofertado na quarta-feira (28) 1 milhão de toneladas.

Desse total, 800 mil toneladas são do Mato Grosso. Na quinta-feira, ocorre o leilão de Prêmio de Risco de Opção de Venda Privada (Prop), que ofertará 37.037 contratos, de 27 toneladas cada um. O valor de referência nas duas modalidades é de R$ 22,50 por saca (60 kg). A previsão da Companhia é continuar a rodada de leilões do produto nas próximas semanas.

As operações com a soja serão retomadas depois de uma alteração no regulamento do Pepro. Pelas novas regras, a entrega de documentos que comprovam a operação ficou mais simplificada. De novembro de 2006 a janeiro de 2007, a Conab realizou operações que concederam R$ 408 milhões em subvenções para 5,5 milhões de toneladas do produto.

Com assessoria

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
BORA PRA BONITO - MS
Crie laços com a natureza em Bonito, MS!
LUTO NO CIRCO
Palhaço mais velho do Brasil morre aos 77 anos vítima de coronavírus
TRAGEDIA NA RODOVIA
Familia se despede de parentes mortos em acidente na BR-277
NA CASA DELE
Tio estupra criança de 4 anos e dá chocolate para ela não contar
BOCA DA ONÇA É NO MS
Maior cachoeira do MS, Boca da Onça retorna com muitas novidades, confira
ACIDENTE TRÁGICO
Vitimas do acidente na BR 177 são identificadas: 3 são da mesma familia
CORRUPÇÃO NA SAUDE
MP aponta 'vergonhosa fraude' e aciona prefeito a devolver R$ 4,136 milhões