Menu
BANNER IMPRESSORAS
domingo, 14 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
Brasil

Conab inicia estudo para mensurar perdas na produção de grãos

16 Out 2010 - 05h45Por Agência Brasil

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) está iniciando um estudo sobre uma das principais demandas do agronegócio brasileiro: saber quanto de grãos se perdem da colheita até a comercialização final. De acordo com a estatal, o Estudo das Perdas Quantitativas e Qualitativas na Pós-Colheita de Grãos do Programa de Abastecimento Alimentar, como foi chamado, é inédito no país.

“Não há dúvidas quanto à existência de perdas, o problema sempre foi mensurar essas perdas e suas causas”, afirmou à Agência Brasil o coordenador executivo do estudo, Marilson Campos, doutor em engenharia agrícola e gerente de operações da Conab em Goiás. Na safra 2009/2010, o país produziu 149 milhões de toneladas de grãos e, de acordo com a companhia, cada 1% de perda representa prejuízo superior a R$ 500 milhões.

Campos informou que o estudo ainda está na fase de projetos e será feito em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A Conab disponibilizará algumas de suas unidades armazenadoras distribuídas pelo país, além dos produtos necessários e técnicos para a realização de experimentos.

“A expectativa é de que, na próxima colheita, a partir de fevereiro do próximo ano, estejamos com os experimentos de campo. Mas, para chegarmos aos resultados, a expectativa da pesquisa é de no mínimo quatro anos”, disse Campos.

Um dos experimentos que serão feitos consiste em avaliar a qualidade e a quantidade de grãos carregados nos caminhões nas áreas rurais e fazer o mesmo quando o produto chega aos armazéns, observando as perdas em diferentes tipos de estrada e também de condições de transporte. Também serão analisadas as perdas em armazéns de diferentes regiões, com climas diversos.

“Temos climas variados no país, e isso pode influenciar nas perdas, dependendo da região”, afirmou Campos. Segundo ele, uma norma estabelece um mesmo índice de perda aceitável para todo o país, mas é possível que a pesquisa mostre a necessidade de que o índice seja regionalizado, pois existe carência de trabalhos técnicos na área.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas