Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 30 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Comércio gera mais de 50% dos novos empregos em MS

20 Out 2010 - 11h47Por

O setor de serviços foi responsável pela geração de 40,37% das novas vagas de emprego em Mato Grosso do Sul no mês de setembro segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado nesta terça-feira pelo Ministério do Trabalho. As 583 novas vagas geradas na área de serviços somadas às 145 do comércio significam mais da metade dos novos empregos criados no mês passado. Na Capital, os setores foram os responsáveis pelo saldo positivo, gerando juntos 649 vagas.

O presidente da Fecomércio-MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul), Edison de Araújo, ressalta que o bom desempenho corrobora com o movimento dos meses anteriores e confirma o efeito cíclico do aquecimento econômico do Estado, com geração de novos empregos e por conseqüência aumento do consumo. “Estes dados vêm a reforçar nossa expectativa de um fim de ano de excelentes resultados”, afirma.

O assessor econômico da entidade, Thales de Souza Campos, explica que o setor de serviços é o que primeiro sente os efeitos do fortalecimento econômico. “O aquecimento econômico em um primeiro momento afeta o setor de serviços, porque o aumento da demanda por serviços é imediato”.

A partir do aumento de empregos no setor de serviços e por conseqüência do consumo, a tendência é que isto se reflita também nas contratações do comércio, que já inicia neste mês as contratações temporárias por conta do Natal, com perspectiva de efetivar pelo menos 30% desta mão-de-obra.

Em setembro de 2010 foram gerados 1.444 empregos celetistas em Mato Grosso do Sul, equivalentes a um acréscimo de 0,35% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior.

O número de novas vagas geradas no setor de serviços foi 42% acima do mesmo período de 2009, com destaque para os segmentos de comércio e administração de imóveis (205 vagas); ensino (165 vagas); serviços médicos e odontológicos (94 vagas) e instituições financeiras (71 vagas).

Em Campo Grande os setores de comércio e serviços sustentaram a geração de empregos no mês de setembro, uma vez que em quatro outros setores as demissões superaram as admissões. No comércio foram criadas 231 novas vagas e no setor de serviços 418.

Das 25.300 novas vagas de empregos com carteira assinada criadas de janeiro a setembro deste ano no Estado, 44,35% estão no comércio e serviços, o que corresponde a 11.220 novos postos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

funcionário da Celpe, José Reginaldo de Santana júnior, 31 anos CRIME HEDIONDO
Funcionário de empresa é executado após realizar corte de energia
imagem Google ABERTURA FRONTEIRA
Pedro Juan Caballero vive expectativa da abertura da fronteira
BRASIL - 142.921 MORTES
Covid-19: Brasil registra 863 óbitos e 32.058 novos casos em 24h
AGORA É LEI
AGORA É LEI: Prisão de até 05 anos para maus-tratos contra cães ou gatos
PANDEMIA
Covid-19: Brasil tem 142 mil óbitos e 4,74 milhões de casos acumulados
+ CONSUMO
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras