Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Comerciários de Dourados querem novo prefeito já

3 Set 2010 - 08h12Por Wilson Aquino

“A justiça precisa agilizar suas ações para que Dourados não fique sem um administrador municipal por mais tempo”. O apelo é do Sindicato dos Empregados no Comércio de Dourados (Secod), que repudia os abusos que vinham sendo cometidos pela “quadrilha” que faziam farra com o dinheiro público. “Não podemos admitir crimes dessa natureza. A justiça precisa ser rigorosa e agir de forma exemplar para inibir crimes semelhantes em outras prefeituras”, comentou Pedro Lima, presidente da entidade.

O Secod, segundo Lima, é solidário à iniciativa do jornalista Eleandro Passaia, secretário municipal de Governo, que denunciou à Polícia Federal o esquema de propina e de desvio de verba pública que resultou na prisão do prefeito Ari Artuzi, parte do secretariado e nove dos 12 vereadores, além de empresários e advogado. “Sua atitude foi heróica e deve ser seguido por outros cidadãos de bem que por ventura testemunhem crimes semelhantes em qualquer lugar do Estado ou do País”, comentou o sindicalista. Anteontem, foi dia de tumulto em frente a sede da PF, em Dourados, onde ser reuniram manifestantes para ver quem chegava preso. O caso ganhou destaque na mídia nacional.

Pedro Lima disse que a cidade não pode ficar sem administrador por mais tempo. É preciso, segundo ele, que a justiça decida logo como fazer para que a cidade volte à sua normalidade, executando os serviços essenciais e atendendo às necessidades da comunidade.

Enquanto isso, segundo a diretoria do Secod, os envolvidos no crime de formação de quadrilha que desviava verba pública e fazia extorsão de empresários deveriam ser exonerados imediatamente ou pedirem suas próprias exonerações dos cargos públicos que vinham ocupando. “A renúncia, embora não eximiria ninguém do crime que cometeu, pelo menos seria uma saída compatível com os anseios da sociedade”, comentou Lima.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada