Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 3 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Com time reserva, Brasil perde para o Paraguai

15 Jul 2004 - 07h08
Com jogadores reservas em campo, a Seleção Brasileira perdeu por 2 a 1 para o Paraguai nesta quarta-feira, em Arequipa, na última partida da primeira fase. O resultado deixou o time brasileiro na segunda posição no Grupo C.
Nas quartas-de-final, o Brasil enfrentará o México. O jogo será disputado no domingo, às 22h (de Brasília), na cidade de Piura, quase dois mil quilômetros distante de Arequipa, onde a Seleção está hospedada. A equipe deve viajar em um avião fretado.
O Paraguai terminou na primeira posição e, na próxima fase, enfrentará o Uruguai.
O treinador Carlos Alberto Parreira, que dispensou os principais jogadores da Copa América, aproveitou o fato de o time já estar classificado para fazer algumas experiências. Colocou Felipe, Maicon e Cris nos lugares de Alex, Mancini e Juan, respectivamente.
As alterações parecem ter animado a equipe, que teve um bom rendimento. Aos 13min, Maicon recebeu um bom toque de Felipe na área e chutou cruzado, mas a bola apenas passou perto da trave antes de sair pela linha de fundo.
A maior chance do Paraguai surgiu aos 27min. Depois de cruzamento da esquerda, a bola sobrou para Bareiro, que chutou praticamente em cima da linha, mas Júlio César desviou para escanteio.
No lance seguinte, os paraguaios abriram o placar. Após a cobrança do escanteio, González desviou de cabeça e abriu o placar.
Com o jogo bastante movimentado, a reação brasileira não demorou para começar. Aos 35min, Kléberson tocou para Luís Fabiano dentro da área. O atacante dominou no peito e chutou com força para marcar seu segundo gol na Copa América.
No segundo tempo as chances de gols diminuíram. O Brasil foi ligeiramente superior, porque permaneceu mais tempo com a posse de bola. Até os 20min, quando Parreira colocou Diego e Dudu Cearense em campo, o goleiro paraguaio não havia feito nenhuma defesa.
A primeira chance só aconteceu aos 25min, quando Renato chutou de fora da área e Diego Barreto espalmou para escanteio.
No minuto seguinte, o Paraguai chegou ao segundo gol, novamente em jogada aérea. Paredes ganhou de Luisão, a bola sobrou para Barrero tocar na saída de Júlio César.
O gol colocou fogo no jogo e os paraguaios poderiam ter chegado ao terceiro gol se o árbitro peruano Gilberto Hidalgo tivesse marcado um pênalti de Cris sobre Bareiro.
Na seqüência da jogada, o Paraguai perdeu um jogador expulso. Puxando um rápido contra-ataque, Gustavo Nery trombou com Martinez, que caiu no chão e deu uma solada no brasileiro.
Até o final da partida, com mais um atacante em campo (Ricardo Oliveira), o Brasil ficou no campo de ataque tentando o empate. Desestruturado, porém, mesmo com um jogador a mais, acabou derrotado.
 
Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

VEJA VÍDEO
Tornado aterroriza habitantes de cidade do Paraná
LUTO NA TV
Morre o humorista Rodela, do Programa do Ratinho, aos 66 anos de Covid-19
VACINA COVID 19
Brasil recebe 1 milhão de doses da vacina contra Covid-19
ABSURDO
PMs flagram carro balançando e descobre casal transando na frente de criança
DOENÇA DO SÉCULO
Desespero na Madrugada: Avó encontra miss morta nos fundos de casa e 'tenta salvar vítima'
PANDEMIA AVANÇA
Brasil segue com média móvel de mortes por Covid acima de 500; total de óbitos passa de 174,5 mil
COPA DE 94
'Bebê do Tetra', na Copa de 94, filho do jogador Bebeto é pai pela primeira vez
VITIMA DA COVID 19
Rosane Gofman pede orações para a atriz Nicette Bruno, internada com Covid-19
EXECUÇÃO NA NOITE
Adolescente é chamado no portão de casa e morto a tiros em MT
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Auxílio emergencial é confirmado com valor médio de R$ 688; veja como e quem recebe