Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de junho de 2021
Busca
Brasil

Com forte fluxo de entrada, dólar cai 1,40%, para R$ 1,757

23 Dez 2009 - 16h20Por Folha Online

Mesmo com a variação fraca nas Bolsas de Valores de Brasil e Estados Unidos, o mercado doméstico de câmbio teve forte movimentação nesta quarta-feira e deixou o patamar de R$ 1,78 em que estava operando nos últimos dias.

Segundo o diretor da Corretora Vision Mauro Araújo, houve um forte fluxo de entrada de divisas à tarde, o que provocou uma queda acentuada na cotação da moeda norte-americana hoje.

Dessa forma, o dólar comercial foi vendido por R$ 1,757, em baixa de 1,40%, nas últimas operações registradas hoje, na mínima do dia. Os preços da moeda americana chegaram à máxima de R$ 1,784. Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi cotado por R$ 1,860, queda de 1,58%.

"Ninguém estava contando com isso [grande fluxo de entrada]. Nos últimos dias, houve bastante saída, não teve uma procura tão grande", disse Araújo.

Ao contrário do mercado de câmbio, as Bolsas operam hoje com variações pequenas, oscilando em decorrência do dado negativo sobre as vendas de casas novas nos Estados Unidos. Ainda operando, a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) tem alta de 0,22%, aos 67.565 pontos. O giro financeiro é de R$ 3,57 bilhões. Nos EUA, a Bolsa de Nova York sobe 0,08%.

As Bolsas de Valores começaram o dia em alta, animadas por um aumento nos gastos dos consumidores nos EUA, mas passaram para o terreno negativo depois que o Departamento do Comércio anunciou que as vendas de novas casas despencaram 11,3% em novembro, para o menor nível desde março.

A queda foi desapontadora por duas razões: os economistas haviam previsto um aumento; e os dados vieram um dia após as Bolsas subirem em razão de um dado positivo a respeito das vendas de casas usadas nos EUA.

Antes do anúncio, o Departamento do Comércio anunciou que a renda pessoal aumentou no maior ritmo em quatro meses, permitindo que os consumidores aumentassem seus gastos pelo segundo mês consecutivo.

Além disso, o Departamento de Energia divulgou uma queda bem maior que a prevista nos estoques de petróleo nos EUA na última semana, fazendo com que o preço da commodity suba. A alta pode ser uma contribuição positiva para que a Bovespa consiga se sustentar no terreno positivo.

Por aqui, o IBGE divulgou que o IPCA-15, prévia da inflação oficial, registrou alta de 0,38% em dezembro, fechando o ano em 4,18%, abaixo dos 6,10% observados em 2008.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade