Menu
SADER_FULL
segunda, 20 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Com calor e Fred, Flu vence o Bangu

20 Jan 2010 - 05h50Por Globo Esporte

Se não pôde ir à praia nesta quarta-feira, Fred usou o Maracanã para tirar onda no calor do Rio de Janeiro e comandar a segunda vitória do Fluminense na Taça Guanabara. Com dois gols de pênalti, o atacante surfou no gramado e garantiu os 3 a 0 sobre o Bangu. De quebra, deu início à contagem de 60 gols na temporada - Alan pegou uma marola e deu números finais à partida.

Ao todo, 12.742 tricolores assistiram ao jogo e acompanharam o artilheiro no programa. Com o resultado, o Tricolor pulou para seis pontos na tabela e se manteve na liderança do Grupo A. O Bangu, por outro lado, segue sem pontuar nem balançar as redes.

 

Na próxima rodada, o Flu volta a jogar no Maracanã. O adversário será o Volta Redonda, domingo, às 17h (de Brasília). Já o Bangu tem mais um grande pela frente: encara o Flamengo, sábado, também às 17h, no Engenhão.

 

Confira a classificação atualizada da Taça Guanabara!

 

Flu dita o ritmo e sai na frente

 

Ao seu ritmo, o Fluminense encarou o sol e administrou o primeiro tempo. A equipe de Moça Bonita até tentou impor um ritmo forte nos minutos iniciais, mas o calor de cerca de 40 graus que castigou o Maracanã tornou inevitável o andamento mais cadenciado na etapa inicial.

O primeiro chute da partida foi de Tiano, sem perigo, com um minuto. Do lado tricolor, a primeira conclusão foi de Fred, aos 11. De fora da área, o atacante mandou para fora. Entretanto, foi o suficiente para fazer o torcedor cantar. Bem arrumado, o Bangu tinha mais posse de bola, e Pipico, aos 13, assustou com cabeçada por cima do travessão.

 

Mesmo sem fazer força, o Tricolor abriu o placar aos 19. Maicon fez bonita tabelinha com Everton, invadiu a área e foi derrubado por Marcão - o ex-volante tricolor, ídolo da torcida, teve o nome cantado antes do jogo. Pênalti bem marcado e convertido por Fred, com direito a duas paradinhas.

 

Com a vantagem, o Fluminense passou a trabalhar a bola no meio-campo, assustando em jogadas esporádicas. Aos 32, Everton apareceu novamente bem no ataque e trocou passes com Mariano. Da marca do pênalti, ele emendou de canhota, e Marcos Leandro salvou o Bangu.

 

A partir deste momento, a equipe de Cuca adiantou a marcação e, mesmo sem forçar muito, pressionou com bolas aéreas. Aos 39, Maicon trocou de lado, abriu pela esquerda e recebeu passe de Conca. O chute saiu cruzado, e o goleiro alvirrubro mais uma vez fez grande defesa. Foi o lance final de um primeiro tempo marcado pelo calor e pelo equilíbrio da equipe tricolor.

 

Novamente de pênalti, Fred decreta a vitória

 

O segundo tempo começou como o primeiro, com o Bangu assustando em chute de Tiano, e o Fluminense sem pressa. Afoito, o time de Moça Bonita até se mantinha no campo de ataque, mas não assustava. O primeiro lance de perigo foi mesmo tricolor, aos 12, mais uma vez com Everton.

O meia arriscou de fora da área e forçou Marcos Leandro a outra boa defesa. Três minutos depois, também de longe, Fred chutou bem e tirou tinta do travessão. Com o Flu saindo para o jogo, o Bangu finalmente chamou a atenção. Tiano serviu Pipico, que tocou na saída de Rafael. O goleiro salvou com o pé.

 

Com o sol dando uma trégua, o Tricolor resolveu forçar. Aos 17, Fred partiu em velocidade, invadiu a área, mas foi desarmado por Marcão. Seis minutos depois, no entanto, mais uma chance imperdoável: Conca foi derrubado por André Oliveira na área. Pênalti, novamente convertido com paradinha pelo camisa 9.

Já no minuto seguinte, por muito pouco Maicon não transformou o placar em goleada. O "Bolt" recebeu de Conca na pequena área, driblou Marcos Leandro e chutou desequilibrado. Bruno Santos afastou o perigo.

 

A partir daí o que se viu foi um Bangu entregue e um festival de gols perdidos, principalmente por Maicon. Até que Alan, aos 46, pegou sobra na marca do pênalti e tocou no canto esquerdo do goleiro para completar a festa do Flu, que entrou no tubo e segue tirando onda no Estadual.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões