Menu
SADER_FULL
sexta, 18 de junho de 2021
Busca
Brasil

Coluna Fala Sério “Bem me quer... Mal me quer... Bem me quer...”

5 Nov 2009 - 16h45Por Fátima News, com Assessoria

“Bem me quer... Mal me quer... Bem me quer...”

 

 

Não existe uma referência na história do ser humano e principalmente das mulheres, de quando começou a mania de se despetalar uma flor, para descobrir se somos ou não amados pela pessoa que amamos. O certo é que essa mania custou a beleza de muitas margaridas que tiveram arrancadas suas pétalas uma a uma, até ficarem completamente nuas de sua beleza. Esta fixação custou também a muitas apaixonadas a dúzia de rosas vermelhas recebidas do amado, que tiveram suas pétalas também arrancadas uma a uma na pergunta, bem me quer, mal me quer? O perfume de cada uma das pétalas acabou no chão, restando nas mãos somente o caule murcho e o cabo cheio de espinhos, que vingativo espetava os dedos, machucando quem lhe havia desnudado a flor.

 

 

E não pensem que eram só as mulheres não! Os homens também faziam o seu bem me quer mal me quer, mas disfarçavam a busca pela resposta do amor, dizendo que estavam querendo saber se iriam bem nas provas da escola ou então se conseguiriam ou não o emprego a que se candidatavam. Era o tal do eu também faço, mas nego até a morte!

 

 

E quando uma mulher começava a fazer aquilo na frente dele, em alguns casos o melhor era arrumar uma desculpa e sair de fininho. Por via das dúvidas, não era muito bom esperar pelo resultado final e ter que dar explicações que não teria depois.

 

 

Também se tentava descobrir no bem me quer mal me quer, se a amizade era sincera ou não, e muitos até classificavam seus amigos pelo resultado, e não se pode deixar de lembrar que muitas vezes, eram enganados pela última pétala. Assim como hoje!

 

 

Mas o mais estranho é que ainda hoje como antes, quase ao final do despetalar, havia o jogo sujo. Buscando fazer com que o resultado que interessa aconteça, lá pelas tantas se arranca duas pétalas para o mal me quer ou bem me quer. E como sempre, preferimos nos enganar com um resultado mentiroso do que encarar uma verdade, mesmo que ela depois fique em nossa consciência, martelando, dizendo... Você conseguiu ou tentou enganar a si mesmo! O interessante é que muito tempo depois, vamos encontrar alguém fazendo o bem me quer mal me quer, e vamos lembrar com remorso, o dia em que nos mentimos, forjamos um resultado que não tínhamos coragem para enfrentar. Agora é tarde!

 

 

Se você trapaceou no bem me quer, mal se quer!

 

 

Cronista, Palestrante e Escritor membro da AGEI, Associação Gaúcha dos Escritores Independentes. Já a venda o FALA SÉRIO! 2009 com 57 crônicas aqui já publicadas. Pedidos pelo e mail  ajrettenmaier@terra.com.br, R$15,00 mais taxa do correio.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial