Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 7 de dezembro de 2021
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
Busca
Brasil

Colher na Massa do Senai insere mulheres na construção civil

6 Nov 2009 - 14h55Por Fátima News, com Assessoria

De abril a novembro deste ano já foram capacitadas 63 mulheres nos cursos de pintor, pedreiro, encanador, eletricista instalador predial e carpinteiro de obras

 

 

O Projeto Colher na Massa, desenvolvido desde abril deste ano pelo Senai em parceria com o Governo do Estado e Sinduscon /MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias da Construção Civil de Mato Grosso do Sul), prova que as mulheres também podem disputar vagas de trabalho com os homens no setor da construção civil. Além disso, o fato de serem persistentes, caprichosas, dedicadas e mais cuidadosas conta ponto na hora da seleção por uma vaga no mercado de trabalho.

 

 

Levantamento da Escola do Senai de Campo Grande, responsável pelo Projeto Colher na Massa, mostra que de abril a novembro deste ano já foram qualificadas 63 mulheres nos cursos gratuitos de eletricista instalador predial, encanador, pintor, carpinteiro de obras e pedreiro. Ainda de acordo com os dados, a maioria delas optou pelo curso de pintor (28), sendo que logo depois aparece o curso de pedreiro (18), encanador (8), eletricista instalador predial (7) e carpinteiro de obras (6).

 

 

Na avaliação do gerente da Escola do Senai de Campo Grande, Artur Quintella, as mulheres representam 13% dos 494 concluintes dos cursos do Projeto Colher na Massa, demonstrando que, cada vez mais, elas conquistam espaço no mercado de trabalho em áreas antes consideradas de exclusividade do sexo masculino. “Elas estão altamente motivadas para seguir carreira no setor da construção civil, principalmente na área de pintura, que é um serviço que notadamente exige muito atenção e as mulheres têm essa características”, analisou, reforçando que elas também são mais detalhistas e, principalmente, mais preocupadas com a limpeza e a aparência do serviço.

 

 

Artur Quintella acrescenta ainda que 70% dos matriculados estão concluindo os cursos do Colher na Massa. “Apesar de não ser uma situação desejada, esse índice mostra que os cursos têm uma aceitação razoável e que a maioria dos alunos está engajada na conclusão da qualificação”, disse, informando que a previsão é encerrar o ano com 786 matrículas e 544 formandos nos cursos oferecidos no âmbito do projeto, já contando as duas turmas de encanador e as três turmas de carpinteiro que serão realizadas até dezembro deste ano.

 

 

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, destaca que os cursos oferecidos no âmbito do Projeto Colher na Massa atendem pesquisa de demanda realizada entre outubro de 2007 e janeiro de 2008 pelo Senai e que apontou necessidade de 33 mil trabalhadores qualificados até 2010, sendo que desse total 25%, ou 8.250 pessoas, ocupariam vagas no setor da construção civil. “O certificado do Senai é uma referência para quem busca a inserção no mercado de trabalho. Por isso nos preocupamos em também buscar parcerias sólidas como o Governo do Estado e o Sinduscom que estão empenhados em dar oportunidade para os trabalhadores”, reforçou.

 

 

Filão

 

 

O instrutor do curso de pedreiro, Marcos Vinícius de Andrade, ressalta que a área da construção civil no Estado está crescendo muito e esse pode ser um grande filão de mercado para quem estiver qualificado. “O Estado está se desenvolvendo e os governos de todos os âmbitos estão com programas sociais que priorizam a construção de imóveis. Isso significa oportunidade de trabalho para quem está pronto para encarar desafios”, reforçou.

 

 

Leia Também

SONHO DA MATERNIDADE
Servidora Pública perde marido para a Covid, mas realiza sonho e dá à luz trigêmeos
LIÇÕES DA BIBLIA
O céu dos céus
covid_04.12 COVID NO BRASIL
Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Deuteronômio em escritos posteriores
ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança