Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de junho de 2021
Busca
Brasil

Colesterol: medidas simples para controlar este inimigo da saúde

19 Jan 2010 - 15h58Por ABN News

Colesterol é tema do VIII Congresso Paulista de Clínica Médica, que acontecerá nos dias 16 e 17 de abril de 2010, em São Paulo. O Dr. Abrão José Cury Jr., coordenador do congresso, fala sobre este importante fator de risco para desenvolvimento de doenças do coração e dá dicas simples para controlar este inimido da saúde.

Controle - A melhor forma de controlar o colesterol é manter hábitos saudáveis, como dieta balanceada, rica em frutas, legumes e verduras; praticar atividade física, o que ajuda a aumentar o colesterol bom e reduzir o ruim; não fumar porque o fumo reduz o colesterol bom; e pessoas com antecedentes familiares, ou seja, cujos parentes têm histórico de colesterol elevado, devem buscar orientação médica e controlar o nível de gordura no sangue o mais cedo possível, o que pode até ser na infância.

Perigo - O colesterol elevado, especialmente a fração ruim, LDL, está relacionado ao surgimento de doenças nas artérias e ao desenvolvimento de aterosclerose que, em geral, leva à obstrução das artérias e consequentemente a outros problemas graves, como Infarto e Acidente Vascular Cerebral.

O importante é lembrar que o entupimento das artérias pode ocorrer em qualquer parte do organismo e, portanto, pode comprometer a irrigação sanguínea de vários órgãos, como os rins.

Idade - O aumento do colesterol não está relacionado à idade, mas sim aos hábitos de vida, como má alimentação, sedentarismo e tabagismo, e a aspectos genéticos.

Hoje, sabe-se que muitas crianças têm colesterol elevado em função de maus hábitos, como alimentação à base de fast food, e sedentarismo na frente do computador, ou da televisão. Quanto mais jovem a pessoa apresenta colesterol elevado, mais jovem desenvolve doenças nas artérias.

Alimentação - A alimentação de quem tem colesterol elevado deve ser rica em carnes brancas, frango e peixes, em especial, os de água fria, como bacalhau, truta e sardinha. Também deve ser rica em frutas, verduras e legumes. As frutas secas, como avelã e nozes, também são uma boa opção, mas é preciso tomar cuidado porque são calóricas.

Estudos provam que os flavonóides contidos em vinhos de boa qualidade ajudam a reduzir o colesterol ruim, mas é preciso tomar cuidado com a quantidade consumida. A soja também tem mostrado bons resultados no aumento do bom colesterol e na redução do ruim.

Pessoas com colesterol elevado devem evitar gordura saturada, encontrada em carnes vermelhas, nos embutidos, pele de aves, frutos do mar (camarão, lula, ostra, lagosta, polvo e marisco), gema de ovo, frios, leite integral e derivados, biscoitos amanteigados, folhados, sorvetes cremosos e chantilly.

Nos casos comprovados de problema metabólico, além destes cuidados, é necessária a administração de medicamentos, que somente o médico pode receitar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade