Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 10 de maio de 2021
Busca
Brasil

Coadjuvantes, cariocas ganham papel decisivo

6 Dez 2004 - 07h19
A duas rodadas do término do Campeonato Brasileiro, os torcedores de Flamengo, Vasco e Botafogo estão atentos apenas na parte de baixo da tabela. As três equipes estão ameaçadas de rebaixamento para a Série B do Nacional, mas suas atuações nos últimos jogos terá reflexo entre os líderes do campeonato.

As três equipes que ainda têm chance de ser campeãs - Atlético-PR, Santos e São Paulo - enfrentam nas últimas rodadas ao menos um dos cariocas ameaçados. No próximo domingo, 12 de dezembro, o Atlético-PR desafia o Vasco e o São Paulo recebe o Flamengo.

Na última rodada, no dia 19 de dezembro, o Santos joga contra o Vasco e o Atlético-PR tem o Botafogo pela frente.

Derrotado pelo Corinthians no sábado, o Vasco tem 51 pontos na tabela e, entre os três cariocas, é o que corre menos risco. O Flamengo, depois do empate por 0 a 0 com o Coritiba neste domingo, tem 50 pontos e vive uma crise em seu elenco.

O Botafogo também tem 50 pontos e esteve ameaçado durante todo o Brasileiro. A equipe, que disputou a segunda divisão no ano passado, demorou para sair da lanterna e da zona de rebaixamento.

Na parte de cima da tabela, o Atlético-PR lidera o campeonato com 85 pontos, dois a mais que o Santos. O São Paulo, com 81 pontos, troce por tropeços de seus rivais para chegar ao título.

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo