Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 5 de dezembro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

CNJ fecha acordo para preso trabalhar em obras da Copa 2014

20 Out 2009 - 16h24Por G1

O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Gilmar Mendes, assinou, nesta terça-feira (20), um acordo para que detentos do sistema penitenciário brasileiro possam trabalhar em obras de infraestrutura da Copa do Mundo de 2014.

O acordo faz parte do programa Começar de Novo, desenvolvido pelo CNJ e que prepara presos e ex-presos para a construção civil e outras profissões nas áreas de mecânica e costura. O documento, assinado nesta terça-feira, vai facilitar a contratação dos profissionais nas reformas e construções necessárias para a realização da competição.

A adesão das empresas também prevê a realização de cursos profissionalizantes aos detentos. "Nenhum país conseguiu melhorar a segurança sem atacar o problema da reincidência. Isso só pode ser combatido com um programa de reinserção social", disse Mendes.

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014, Ricardo Teixeira, afirmou que vai recomendar a contratação dos egressos do sistema carcerário. "O futebol é a porta de entrada para muitos brasileiros e passará a ser a porta de saída para quem se perder no meio do caminho", disse Teixeira.

Leia Também

covid_04.12 COVID NO BRASIL
Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Deuteronômio em escritos posteriores
ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos