Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Cinco bolivianos continuam desaparecidos no Rio Paraguai

4 Set 2006 - 07h47
 

Equipes de resgate suspenderam as buscas no Rio Paraguai, neste domingo. Dois corpos que estavam dentro da embarcação boliviana "Suarez Arana", que naufragou na noite de sexta-feira, foram encontrados por mergulhadores do Corpo de Bombeiros e do 6º Distrito Naval. Após a operação, cinco bolivianos continuam desaparecidos.

O primeiro tripulante encontrado foi Fausto Borda Pereyra, de 38 anos. Um pescador viu o corpo boiando cinco mil metros do local onde aconteceu o acidente. Domingo pela manhã o marinheiro Ramiro Mamani Soria e o capitão-de-fragata, Jimmy Mijario Vicomo, também foram resgatados. Havia 22 pessoas na embarcação, sendo 18 militares e 4 civis.

O acidente aconteceu próximo a região de Porto Morrinho, distante 70 quilômetros de Corumbá. As vítimas foram resgatadas por ribeirinhos e levadas a Porto Morrinho para receberem atendimento médico. Entre elas, o aspirante Fernando Peranta Belzu, de 27 anos, o sargento Reinaldo Mamani Maita, de 23 anos e o sub-oficial Sebastião Delgado Medina, de 44 anos foram encaminhadas para o Hospital Naval de Ladário, na sede do Comando do 6º Distrito Naval. Conforme o distrito, eles sofreram escoriações leves e estão em observação médica. Os oficiais devem ser liberados na segunda-feira.

Aviso de alerta aos navegantes já foi emitido pelo Serviço de Sinalização Náutica do Oeste (Sinoeste) para que tomem as devidas precauções de segurança em caso de navegação nas proximidades do local onde o navio está afundado. A área conta com bóias de sinalização.

Neste domingo de manhã, o comandante da Armada Naval da Bolívia, almirante José Alba Arnez, sobrevoou o local do naufrágio, num helicóptero da Marinha Brasileira. Ele estava acompanhado do comandante do 6º Distrito Naval, contra-almirante Marco Antonio Guimarães Falcão.

Naufrágio – A embarcação foi encontrada por mergulhadores a nove metros de profundidade no Rio Paraguai. As vítimas que escaparam do naufrágio procuraram ajuda em um hotel pesqueiro da localidade. Elas contaram que nadaram até a margem do rio, depois que um forte vento provocou uma espécie de redemoinho e virou a embarcação.

Segundo informações do comando da Marinha em Ladário, a tripulação que estava a bordo da embarcação boliviana era:
 
Desaparecidos: Aspirante Saul Ramos Martinez; sargento Enrique Samo Mamani; Dionício Champi e tripulante Sabina Limachi (única mulher a bordo) e Walter Borda Pereyra.

Sobreviventes: Capitão Mário Gomes Alaiza (comandante do navio); tenente Richard Urgueza Molimo; aspirante Maico Cabrera Rada; sargentos Hector Mendonza Mamani e Franz Pereira; marinheiros Eduardo Aguilar Fernandez, Pedro Salamanca, Jhony Vargas, Natálio Cartagena Mamani, Samuel Jauco Nino e o tripulante civil José Luis Vasques.

Internados no Hospital Naval de Ladário: Aspirante Fernando Peranta Belzu, 27 anos; o sargento Reinaldo Mamani Mayta, 23, e o sub-oficial Sebastião Delgado Medina, 44 anos.

Mortos: capitão Jimmy Mijario Vicomo; marinheiro Ramiro Mamani Soria e Fausto Borda Pereyra.

 

TV Morena

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro