Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 20 de abril de 2021
Busca
Brasil

Cidade argentina proíbe a venda de Coca-Cola

21 Out 2004 - 13h35

A venda dos refrigerantes da multinacional americana Coca-Cola está proibida há dois dias na cidade argentina de La Rioja por motivos tributários, disse nesta quinta-feira a imprensa local.

A proibição foi adotada porque a firma local Catamarca Rioja Refrescos se nega a pagar a "taxa de entrada" exigida para vender seus produtos na cidade de La Rioja, capital da província de mesmo nome, no nordeste do país.

A empresa está instalada em Catamarca, uma província vizinha, e o município exige uma "taxa de entrada" de 30 centavos de peso (US$ 0,10) por litro das bebidas da multinacional.

Na terça-feira passada, a cidade de La Rioja permitiu a entrada de caminhões de transporte de Coca-Cola, mas com a advertência de que as bebidas seriam apreendidas se fossem distribuídas para venda. Nesta quarta-feira, a entrada dos veículos foi proibida.

"A taxa de entrada é uma alfândega interna e isso é expressamente proibido pela Constituição Nacional", disse ao jornal econômico "Infobae", de Buenos Aires, Wenceslao Luiggi Arias, diretor da Associação de Fabricantes Argentinos de Coca-Cola.

A dívida que o município cobra da empresa local que tem a franquia da Coca-Cola é de pelo menos 70.000 pesos (US$ 23.490), mas Luiggi Arias ressaltou que a companhia "não pagará nem meio centavo" desse imposto.

Arias afirmou que a Catamarca Rioja Refrescos entrou com um recurso no mês passado e a Justiça tomou uma decisão favorável à empresa.

O imposto de La Rioja "é uma medida discriminatória que atenta contra os investimentos. Se não pudermos entregar lá, entregaremos em outros lugares", disse o diretor da Associação de Fabricantes Argentinos de Coca-Cola.

Porta-vozes da Catamarca Rioja Refrescos disseram ao jornal que a companhia paga os impostos que correspondem a sua atividade em Catamarca e está analisando a possibilidade de suspender os envios a La Rioja até que o conflito seja resolvido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19
VITIMA DA COVID 19
Vídeo: enfermeiro que receitava cloroquina se passando por médico morre de Covid-19
OS AMORES DO REI
Roberto Carlos teve três casamentos, paixões secretas e perdas em seus 80 anos
JUVENTUDE EM ALERTA
Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas
ATAQUE CANINO
Pit bull mata criança de 2 anos e deixa o irmão dela ferido
VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente