Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 15 de maio de 2021
Busca
Brasil

China pode ser o mais novo comprador de carne bovina do TO

8 Set 2004 - 15h40
Uma missão chinesa do segmento de carnes deve vir ao Tocantins já no primeiro semestre de 2005, para então fechar um acordo comercial com a cadeia produtiva da carne local. Durante a visita, os chineses poderão conhecer in loco o potencial do Estado neste segmento.

No entanto, a possível exportação de carne do Tocantins depende da obediência das condições fitossanitárias estabelecidas pelo governo chinês, com articulações do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Como o Estado é zona livre de Febre Aftosa, tendo o seu rebanho com comprovados altos índices de sanidade, o acordo de exportação de carnes para a China já é dado como certo. Pelo menos é o que a comitiva tocantinense que participou da Expo Brasil China, de 31 de agosto a 03 de setembro, acredita, uma vez que foi selado um compromisso verbal (que na cultura milenar chinesa é lei) entre os empresários do maior frigorífico chinês e os diretores do frigorífico gurupiense, Safrigu.

A visita da diretora executiva do maior frigorífico chinês, Wang Xiu Qin, ao Tocantins, não deve passar de abril de 2005. Na visita a diretora executiva e comitiva poderão observar as condições do rebanho tocantinense, mais especificamente os passos relativos a cria, recria, engorda, abate e frigorificação. A visita às instalações do frigorífico chinês aconteceu na semana passada.

Na oportunidade, o secretário da Indústria, Comércio e Turismo, Emilson Vieira dos Santos, da Agricultura, Roberto Sahium , os empresários Jose João Stival Junior e Thomas Kim, ambos do grupo Safrigu de Gurupi, e mais o presidente do Sindicarnes e da Abrafrigo (Associação Brasileira de Frigoríficos), José João Stival, puderam constatar o grande potencial em estruturas físicas e de distribuição do grupo, sendo recepcionados com grande interesse pelos diretores. Vale ressaltar que o grupo chinês ocupa uma posição bastante sólida na China, abastecendo com carne bovina e de ovelhas o exército, governo e universidades.

A China é o terceiro maior comprador de produtos brasileiros. Lembrando que o Brasil já lidera mundialmente a exportação de suco de laranja, açúcar, café, tabaco e carne bovina. Quanto ao Tocantins, de janeiro a julho de 2004, a balança comercial do Estado registrou um crescimento de 344,47%, em comparação ao mesmo período do ano passado, totalizando a cifra de US$ 92,2 milhões.

Só em julho, as vendas registradas atingiram US$ 68,5 milhões. A soja, a carne e o suco de abacaxi continuam sendo os principais produtos da pauta de exportação, totalizando, até julho, US$ 84,7 milhões, US$ 5,5 milhões e US$ 2,2 milhões, respectivamente.
 
 
Folha Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada