Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 14 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

China pode ser o mais novo comprador de carne bovina do TO

8 Set 2004 - 15h40
Uma missão chinesa do segmento de carnes deve vir ao Tocantins já no primeiro semestre de 2005, para então fechar um acordo comercial com a cadeia produtiva da carne local. Durante a visita, os chineses poderão conhecer in loco o potencial do Estado neste segmento.

No entanto, a possível exportação de carne do Tocantins depende da obediência das condições fitossanitárias estabelecidas pelo governo chinês, com articulações do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Como o Estado é zona livre de Febre Aftosa, tendo o seu rebanho com comprovados altos índices de sanidade, o acordo de exportação de carnes para a China já é dado como certo. Pelo menos é o que a comitiva tocantinense que participou da Expo Brasil China, de 31 de agosto a 03 de setembro, acredita, uma vez que foi selado um compromisso verbal (que na cultura milenar chinesa é lei) entre os empresários do maior frigorífico chinês e os diretores do frigorífico gurupiense, Safrigu.

A visita da diretora executiva do maior frigorífico chinês, Wang Xiu Qin, ao Tocantins, não deve passar de abril de 2005. Na visita a diretora executiva e comitiva poderão observar as condições do rebanho tocantinense, mais especificamente os passos relativos a cria, recria, engorda, abate e frigorificação. A visita às instalações do frigorífico chinês aconteceu na semana passada.

Na oportunidade, o secretário da Indústria, Comércio e Turismo, Emilson Vieira dos Santos, da Agricultura, Roberto Sahium , os empresários Jose João Stival Junior e Thomas Kim, ambos do grupo Safrigu de Gurupi, e mais o presidente do Sindicarnes e da Abrafrigo (Associação Brasileira de Frigoríficos), José João Stival, puderam constatar o grande potencial em estruturas físicas e de distribuição do grupo, sendo recepcionados com grande interesse pelos diretores. Vale ressaltar que o grupo chinês ocupa uma posição bastante sólida na China, abastecendo com carne bovina e de ovelhas o exército, governo e universidades.

A China é o terceiro maior comprador de produtos brasileiros. Lembrando que o Brasil já lidera mundialmente a exportação de suco de laranja, açúcar, café, tabaco e carne bovina. Quanto ao Tocantins, de janeiro a julho de 2004, a balança comercial do Estado registrou um crescimento de 344,47%, em comparação ao mesmo período do ano passado, totalizando a cifra de US$ 92,2 milhões.

Só em julho, as vendas registradas atingiram US$ 68,5 milhões. A soja, a carne e o suco de abacaxi continuam sendo os principais produtos da pauta de exportação, totalizando, até julho, US$ 84,7 milhões, US$ 5,5 milhões e US$ 2,2 milhões, respectivamente.
 
 
Folha Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXILIO EMERGENCIAL
Liberados saques e transferências para aprovados no 3º lote
VITIMA DA COVID 19
Cantor morre de covid-19 após sogro e sogra; esposa está em isolamento
CAOS NA SAUDE
MT está perdendo a guerra para o coronavírus; nós subestimamos a doença
TRAGEDIA NO CONDOMÍNIO
Adolescente que matou amiga treina tiro esportiva há 3 anos com o pai
VIOLENCIA DOMESTICA
Mulher tem rosto desfigurado após ser agredida e pisoteada pelo marido bêbado
CORONAVIRUS AVANÇA
Brasil tem 72.234 mortes por Covid-19, segundo consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
BONITO - DICAS AGÊNCIA
Como fazer Snorkel em Bonito MS, o que ver, o que fazer e o que não!
PANDEMIA CORONAVIRUS
Filho de ex-jogador famoso vende geleias e não vê o pai há nove anos
SOB INVESTIGAÇÃO
Maria Aldenir lutou com assassino, mas viu a filha ser morta com 24 facadas
AVANÇO DA PANDEMIA
Mais 903 casos e 33 mortes por coronavírus foram registrados em 24h em MT