Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 26 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Cheque sem fundo de baixo valor poderá ser pago pelo banco

31 Jan 2011 - 08h03Por Agência Camara

A Câmara analisa o Projeto de Lei 7838/10, do deputado Edinho Bez (PMDB-SC), que obriga os bancos a cobrirem os cheques sem fundos com valor de até 25% do salário mínimo (R$ 127,5 hoje).

 

As instituições financeiras, no entanto, não serão obrigadas a garantir cheques com erros de preenchimento, assinatura que não confere ou data de apresentação prescrita. A proposta muda a Lei 7.357/85.

 

Segundo o parlamentar, o objetivo é resgatar a credibilidade do cheque, considerado por ele como "um instrumento fantástico de pagamento, que facilita a vida dos agentes econômicos".

 

De acordo com o autor, do total de cheques emitidos apenas 3% são devolvidos. Ainda assim, 1% das devoluções ocorre por erro no preenchimento, falta de assinatura ou data prescrita.

 

Dos 2% que retornam por falta de fundos, acrescenta o parlamentar, 1% dos cheques seria recuperável com relativa facilidade, porque não ocorre má-fé. "Entretanto, esse 1% de emitidos sem provisão de fundos vem desmoralizando o cheque", afirma.

 

O projeto determina ainda que, no caso de contas abertas há menos de seis meses, o banco somente emita novo talão quando pelo menos 80% dos cheques do anterior estiverem pagos. A critério do banco, o prazo poderá ser estendido para 12 meses.

 

Tramitação

O projeto será arquivado pela Mesa DiretoraA Mesa Diretora é a responsável pela direção dos trabalhos legislativos e dos serviços administrativos da Câmara. Ela é composta pelo presidente da Casa, por dois vice-presidentes e por quatro secretários, além dos suplentes de secretários.

 

Cada secretário tem atribuições específicas, como administrar o pessoal da Câmara (1º secretário), providenciar passaportes diplomáticos para os deputados (2º), controlar o fornecimento de passagens aéreas (3º) e administrar os imóveis funcionais (4º). no dia 31 de janeiro, por causa do fim da legislaturaEspaço de tempo durante o qual os legisladores exercem seu poder. No Brasil, a duração da legislatura é de quatro anos. . Porém, como o seu autor foi reeleito ele poderá desarquivá-lo.

 

Nesse caso, o texto precisará ser analisado pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, e também pelo Plenário.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

VICENTINA DE LUTO
Vicentina se despede de Nayara Ferreira, Pax Oliveira informa sobre velório e sepultamento
DEODÁPOLIS DE LUTO
Deodápolis se despede do amigo Zé Medeiros, Pax Oliveira informa sobre velório e sepultamento
Brasil
Conheça os finais dos principais personagens de "América"
CALOR - Foto: Álvaro RezendeMETEOROLOGIA
'Tira casaco, bota casaco': Calor volta, mas nova frente fria promete chuva e 10°C no fim de semana
(Reprodução, Câmeras de Segurança, Redes Sociais)DESPEDIDA
Morre adolescente atingido por caminhonete em cruzamento, família pede ajuda para realizar o enterro