Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 7 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
AUMENTO

Cesta básica tem acréscimo de 0,77% em janeiro

8 Fev 2011 - 07h32Por Notícias.MS

 

 

O custo da Cesta Básica Alimentar Individual em janeiro em Campo Grande registrou um acréscimo de 0,77% em relação ao mês anterior, apresentando a importância de R$ 240,78. Em dezembro/2010 esse valor foi de R$ 238,93. Os dados são do estudo mensal elaborado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac), para avaliar o poder de compra do salário mínimo na aquisição de alimentos necessários à manutenção de um indivíduo-padrão.

As variações acumuladas registraram percentuais positivos: 16,93% nos últimos 12 meses, e 11,82% nos últimos seis meses.

No mês de janeiro a pesquisa assinalou que dos 15 produtos que compõem a Cesta Básica Alimentar, seis registraram alta: tomate 22,50%; alface 11,19%; laranja 7,52%; banana 2,19%; óleo 1,71% e açúcar 1,18%. Os produtos que acusaram queda de preço: feijão 19,59%; carne 4,38%; margarina 2,59%; sal 2,50%; macarrão 1,20%; leite 0,55% e batata 0,53%. Pão e arroz mantiveram os preços inalterados.

Os excessos das chuvas ocorridas no primeiro mês do ano prejudicaram as plantações, com perdas nas safras do tomate (22,50%), alface (11,19%) e banana (2,19%) ocasionando escassez dos produtos aumentando os preços.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento