Menu
SADER_FULL
sexta, 18 de junho de 2021
Busca
Brasil

Cerca de R$ 4 milhões pode ser o prejuízo em Novo Horizonte do Sul

18 Jan 2010 - 05h15Por Midia Max News

O temporal que isolou o município de Novo Horizonte do Sul, a 350 km de Campo Grande, pode ter provocado um prejuízo de ao menos R$ 4 milhões, informou o prefeito da cidade Marcilio Álvaro Benedito, do PMDB. O montante reconstruiria apenas as pontes destruídas com a tromba d água que caiu sobre a cidade na madrugada de sábado. A chuva atingiu ainda ao menos 30 famílias, dez das quais tiveram de ser alojadas em prédios municipais.

A cidade de 8 municípios ficou sem saída com a queda das pontes e a situação deve normalizar somente na quarta-feira. A principal via prejudicada com a chuva é a MS-475, que liga o município as cidades de Ivinhema e Naviraí. Ali, rompeu um trecho da estrada.

Homens da Agesul, órgão estadual que cuida das estradas. Um desvio tem sido feito no local. Numa outra saída, a prefeitura já abriu uma alternativa, mas por lá só transitam carros de passeio.

Com isso, os caminhões que levam mercadorias para os supermercados ou os que abastecem os postos de gasolina ficaram impedidos de entrar na cidade. De acordo com o prefeito, estoques de alguns comerciantes já estariam acabando.

O prefeito peemedebista disse ainda que a chuva danificou 13 pontes construídas aos arredores do município. “Não tenho ideia do prejuízo que é isso, sei que reconstruir uma ponte que caiu custa de R$ 300 mil a R$ 500 mil”, disse o prefeito.

Partindo desse cálculo e medindo por baixo, pelo preço menor, a reestruturação das pontes custaria em torno de R$ 3,9 milhões. “E não temos esse dinheiro”, avisou o prefeito.

Uma equipe de prefeitura de Novo Horizonte do Sul deve divulgar no início da tarde de segunda-feira o volume estimado dos prejuízos. Hoje pela manhã visitou a cidade o secretário estadual Edson Girotto (Obras), que prometeu ajuda ao município, mas não divulgou valores.

Girotto visitou as pontes destruídas e determinou que os servidores da Agesul trabalhassem na abertura de desvios. O prefeito da cidade disse que vai decretar estado de calamidade pública, meio de o município receber recursos mais de maneira mais rápida.

O prefeito disse ainda que deve se reunir com o governador André Puccinelli, colega de partido, na “quarta ou quinta-feira”. “Vamos ver com quanto pode ajudar o governo”, disse.

Novo Horizonte do Sul virou cidade em 1992. Lá havia um acampamento construído por brasileiros que viviam no Paraguai, os conhecidos brasiguaios.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado