Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 5 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Cerca de 600 índios bloqueiam a BR-060 contra a PEC 215, que tira autonomia da Funai

4 Set 2013 - 09h39Por Mídia Max

Cerca de 600 índios de quatro comunidades estão bloqueando a BR-060, sentido Nioaque a Sidrolândia, a cerca de 12 quilômetros da cidade na manhã desta quarta-feira (4) em Mato Grosso do Sul. Eles protestam contra a PEC 215, que tira a autonomia da Funai para a demarcação de terras.

De acordo com Sérgio Marques, da Funai de Nioaque, as comunidades Água Branca, Brejão, Cabeceira e Taboquinha estão no local para que o manifesto chegue até Brasília. “A votação é hoje e a preocupação dos índios é na morosidade do processo de remarcação de terras”.

A ementa acrescenta o inciso XVIII ao art. 49; modifica o § 4º e acrescenta o § 8º ambos no art. 231, da Constituição Federal, que inclui dentre as competências exclusivas do Congresso Nacional a aprovação de demarcação das terras tradicionalmente ocupadas pelos índios e a ratificação das demarcações já homologadas; estabelecendo que os critérios e procedimentos de demarcação serão regulamentados por lei.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filho de fazendeiro reclama de dor anal e mãe descobre estupro cometido por funcionário
BOA NOTICIA
Governo zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha
RIGOR DA LEI
Cidade vai multar em até R$ 60 mil quem descumprir decreto de combate ao Covid-19