Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 13 de maio de 2021
Busca
Brasil

Cepal vê Brasil crescendo 7,6% e América Latina 5,2% em 2010

22 Jul 2010 - 06h12Por Folha Online

A economia da América Latina e do Caribe deve crescer 5,2% em 2010, após recuperar-se do impacto da crise global do ano passado, afirmou nesta quarta-feira a Cepal (Comissão Econômica da América Latina e do Caribe).

A Cepal disse que a economia da região crescerá a uma taxa mais moderada em 2011, 3,8%, dadas as preocupações remanescentes sobre a saúde da economia global.

O órgão previu também uma expansão de 7,6% do Brasil em 2010 e de 4,5% em 2011. A projeção para a economia do México, segunda maior da América Latina, é de crescimento de 4,1% neste ano e de 3% em 2011.

A Cepal elogiou os governos latino-americanos pela sólida política fiscal, que permitiu gastos anticíclicos durante a crise financeira global. Os Estados Unidos e a Europa ainda estão com dificuldades para se recuperarem da recessão.

"A sólida macroeconomia evidente na maioria dos países da América Latina e do Caribe nos anos antes da crise internacional marcou uma mudança significativa", disse a Cepal em comunicado.

"Os países se aproveitaram de um período excepcional de bonança econômica e de finanças internacionais para limpar suas contas públicas."

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada