Menu
SADER_FULL
domingo, 26 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Central já recebe embalagem de agrotóxico em Naviraí

15 Out 2004 - 14h17
A recém criada Associação dos Revendedores de Agrotóxicos de Naviraí (ARANAV), começou nesta quinta-feira (14) a receber as embalagens vazias na Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos, implantada recentemente no quilômetro três da estrada da balsinha, próximo a BR-163.
A iniciativa é dos 12 empresários que revendem defensivos agrícolas e cooperativas que formaram a associação e fizeram uma parceria com o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev). O presidente da Aranav, Carlos Kogawa, informou que no local deve haver apenas o recebimento e o encaminhamento das embalagens vazias para duas empresas de São Paulo e Rio de Janeiro. Algumas embalagens deverão ser descartadas, e poderão ser enviadas em separado, para a incineração.
A capacidade para o processamento é de 300 toneladas de embalagens ao ano, na central de recebimento de embalagens de agrotóxicos de Naviraí, localizada em uma área construída de 570 metros quadrados, no terreno de três mil metros quadrados. Durante o primeiro ano de atividade, a expectativa é de receber 80 toneladas.
Com 120m² destinados ao recebimento de embalagens não-lavadas e 400 metros quadrados para o armazenamento de embalagens lavadas, a central atenderá a seis municípios do Mato Grosso do Sul (Naviraí, Itaquiraí, Iguatemi, Juti, Eldorado e Mundo Novo) produtores de soja, milho, algodão e cana de açúcar.

NO ESTADO
Responsável pelo recolhimento de 478,7 toneladas de embalagens vazias de agrotóxicos de janeiro a julho de 2004, o Mato Grosso do Sul possui outras sete Unidades de Recebimento localizadas nos municípios de Campo Grande, Chapadão do Sul, Dourados, Maracaju, Ponta Porã, Rio Brilhante, e São Gabriel D’Oeste. Só no mês de julho os agricultores do Estado devolveram 99 toneladas de embalagens.
Em operação com mais de 265 Unidades de Recebimento de Embalagens em todo Brasil, o sistema de destinação final de embalagens vazias de agrotóxicos possui 80.000 metros quadrados de área construída e ambientalmente licenciada dedicada ao recebimento das embalagens. O esperado é encerrar 2004 com cerca de 300 Unidades de Recebimento e para o próximo ano a meta é alcançar algo em torno de 350 Unidades.
 
 
 
 
 
Naviraí News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada