Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Censo de 2010 começa em agosto e custará R$ 1,67 bilhão

26 Fev 2010 - 14h30Por Agência Brasil
O Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) terá um custo total de R$ 1,67 bilhão, somando-se os gastos feitos com o planejamento, a coleta de informações e o processamento dos dados. Pelo menos 70% desse valor serão gastos com os 230 mil trabalhadores envolvidos no processo. A informação foi divulgada hoje (26) durante entrevista coletiva à imprensa.

O trabalho de coleta começa em 1° de agosto, depois de um rápido treinamento com os trabalhadores. A expectativa é que a coleta seja encerrada até outubro e os primeiros resultados já sejam divulgados em dezembro deste ano.

Segundo o diretor executivo do IBGE, Sergio Cortes, os primeiros dados divulgados serão sobre as populações de homens e mulheres e a quantidade de pessoas que moram em meio urbano e em meio rural, por município.

Os resultados serão gradativamente apresentados nos meses seguintes até, pelo menos, dezembro de 2011. Segundo Cortes, o Censo, realizado de dez em dez anos, é o retrato mais completo da população brasileira, uma vez que os questionários envolvem várias perguntas.

“Nós já vamos poder conhecer, no final de 2010 e a partir de 2011, quem somos, como vivemos, um raio x perfeito.” Ele destacou que os dados vão ajudar os governos a traçar políticas públicas nas áreas de saúde e educação, entre outras. “Mas também vai identificar, para o setor privado, novas oportunidades”, disse Cortes.

Neste ano, segundo o IBGE, haverá novidades no questionário a ser respondido pelos cidadãos. Além dos itens que já constavam no Censo de 2000, como as perguntas pessoais sobre os moradores e as condições físicas do domicílio, haverá questionamentos específicos sobre brasileiros que emigraram e sobre as línguas indígenas. Na seção sobre os eletrônicos existentes no domicílio, haverá perguntas sobre o uso de aparelho de celular e o acesso à internet.

 

Leia Também

COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso
COVID NO BRASIL
Brasil tem em 24 horas, mais 70.765 novos casos de covid-19