Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 7 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

Carvoeiros pedem reajuste sobre 6 anos de defasagem

29 Jul 2004 - 13h32
O Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores nas Indústrias Extrativas, Mineração, Madeiras e Carvão Vegetal de Mato Grosso do Sul está tentando negociar reajuste salarial para os trabalhadores das carvoarias e indústria extrativa de Mato Grosso do Sul, que há seis anos não têm reajuste. A pauta de reivindicação já foi protocolada junto à Fiems (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul). A pauta inclui diversas reivindicações contemplando a questão salarial, condições de trabalho e benefícios. Os trabalhadores querem estabelecer o piso em R$ 530,00, jornada de trabalho de 40 horas, alimentação e até mesmo o fornecimento de água potável e sanitários adequados, entre outras reivindicações. Fazem parte da categoria cerca de 10 mil trabalhadores, dos quais oito mil são carvoeiros.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

REABERTURA DO COMÉRCIO
Brasil e Paraguai podem reabrir comércio na fronteira em 10 dias, diz ministro
REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
BORA PRA BONITO - MS
Crie laços com a natureza em Bonito, MS!
LUTO NO CIRCO
Palhaço mais velho do Brasil morre aos 77 anos vítima de coronavírus
TRAGEDIA NA RODOVIA
Familia se despede de parentes mortos em acidente na BR-277
NA CASA DELE
Tio estupra criança de 4 anos e dá chocolate para ela não contar
BOCA DA ONÇA É NO MS
Maior cachoeira do MS, Boca da Onça retorna com muitas novidades, confira