Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 24 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Cartão pré-pago para viagem vira coqueluxe das bandeiras

24 Mar 2011 - 07h12Por

De olho nos crescentes gastos de brasileiros no exterior, os cartões de viagem pré-pagos estão virando objetivo de desejo das grandes administradoras internacionais.



Nesta semana, MasterCard e American Express estrearam no setor no Brasil. A Visa vê o produto como um dos principais vetores de crescimento no país.


A estratégia tem embutida a aposta de que o câmbio vai seguir valorizado por um bom tempo, acirrando movimentos que já vêm em forte ascensão nos últimos anos, como a primeira viagem de brasileiros ao exterior e estudantes do país fazendo intercâmbio internacional.


"Mantida essa política cambial, a quantidade de brasileiros viajando para fora vai continuar crescendo", disse à Reuters o diretor-executivo de produtos da Visa no Brasil, Percival Jatobá.


Segundo números do Banco Central, os gastos de brasileiros no exterior somaram 1,7 bilhão de dólares em janeiro, contra US$ 1,2 bilhão no mesmo período em 2010.


E, devido a traços característicos de mercados emergentes, de baixa bancarização e nos quais parte dos consumidores potenciais receiam usar cartões de crédito convencionais em viagens para evitar compras em excesso, as empresas acreditam que o crescimento do produto deve ser mais acentuado no Brasil e na América Latina.


Além das conveniências de "fechar o câmbio" na hora da compra da moeda estrangeira e de melhorar o gerenciamento dos gastos com o cartão no exterior, argumentos mais utilizados para venda pelos distribuidores, o produto vem recebendo acessórios para aumentar sua atratividade, como chip de segurança, a possibilidade de trabalhar com mais moedas e de recarregar créditos no exterior.


"A pessoa pode adquirir um cartão em dólar e, se viajar para a Europa, poderá realizar o saque em euro", disse o presidente da MasterCard Brasil, Gilberto Caldart.


A MasterCard Brasil fez parceria com a Travelex, maior distribuidora global e cartões pré-pagos em moeda estrangeira.


Embora as pessoas físicas sejam o alvo preferencial dos emissores, eles já descobriram que o interesse de empresas por este tipo de produto também vêm se expandindo.


"(O pré-pago é) uma ótima ferramenta para gerenciar os gastos com viagens ao exterior", disse em nota a vice-presidente das Américas para Produtos Pré-Pagos da American Express, Rose Del Col.


PRÉ-PAGO PARA TUDO


A expectativa da MasterCard é de que o mercado de pré-pagos representa atualmente 12 bilhões de dólares em oportunidades na América Latina, incluindo vales-refeição e vales-alimentação. Para 2017, a previsão é de que o valor alcance 81 bilhões de dólares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro