Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 5 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Carpinteiro detido pela PM disse que vai processar o Estado e Veículos de Comunicação

28 Fev 2011 - 05h55

O carpinteiro Pedrinho César Garcia Lucas Leal, de 28 anos, foi preso nesta sexta-feira (25), pela Policia Militar de Itaporã acusado de “furto” de bicicleta.

Segundo o carpinteiro ao ser encaminhado à Delegacia de Polícia de Itaporã, um policial militar que estava à paisana, o fotografou na porta daquela unidade policial.

Antes mesmo do Delegado de Itaporã Dr. Wisnton Ramão Albres Garcia ouvir o carpinteiro e demais envolvidos no caso, conforme resolução nº 541 de 03/02/2011 da Sejusp, uma matéria jornalística com a referida fotografia já circulava pela internet em diversos veículos de comunicação do estado.

Suspeita-se que o texto tenha sido elaborado por algum policial militar lotado no 3º Pelotão da PM em Itaporã.

Segundo o carpinteiro, ele é trabalhador, com carteira assinada, e que nunca se envolveu em crime de furto, disse também que fez uso drogas durante a noite, na companhia de duas pessoas de Itaporã, e que na manhã de sexta-feira, um deles lhe deu a bicicleta onde iria a cidade de Maracaju, pois usou o dinheiro da passagem para a compra do entorpecente.

Como a distancia é longa, entre Itaporã e Maracaju, o carpinteiro decidiu vender a bicicleta, momento em que foi detido pelos militares.

A bicicleta é de propriedade da irmã de um dos usuários e que não teve coragem de assumir para a mãe que havia dado a bicicleta para Pedrinho, dizendo que a mesma havia sido furtada.

O carpinteiro disse que vai processar o Estado e também os Veículos de Comunicação que divulgaram sua imagem e seu nome em matéria indevida.

“Segunda-feira vou pedir para o advogado da construtora entrar com processo contra todos que quiseram me ferrar. Meu nome e minha imagem não foi autorizada para aparecer na internet, e também não sou nenhum criminoso. Sou trabalhador com carteira assinada e tudo”, disse Pedrinho. 

A Autoridade Policial Judiciária (Delegado) efetuou diligencias e tomou depoimento de todos os envolvidos, e após ouvir o carpinteiro, o liberou. Já a bicicleta foi devolvida para sua legítima dona.

 

Segundo o Dr. Wisnton Garcia, o procedimento vai ser encaminhado para o judiciário, pois foi encontrado com o carpinteiro, uma pequena quantidade de substância entorpecente para uso próprio, o que não é crime.

 

Quanto a acusação de furto, o delegado disse que não procede, pois não encontrou nenhum elemento constitutivo do crime.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filho de fazendeiro reclama de dor anal e mãe descobre estupro cometido por funcionário