Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 26 de maio de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Caravana Mais Alimentos MS começa hoje em Dourados

31 Mai 2010 - 08h22Por Dourados News

Com aproximadamente 25 mil agricultores familiares com capacidade natural à linha de crédito do Programa Mais Alimentos, o governo do Estado, por intermédio da Seprotur e Agraer, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e prefeituras municipais, realizam nesta segunda-feira, dia 31 de maio, em Dourados, a 1ª Caravana Mais Alimentos de Mato Grosso do Sul. O evento, voltado à modernização das propriedades rurais e ampliação da produção familiar, também será realizado em Ivinhema e Campo Grande, respectivamente, nos dias 2 e 4 de junho, das 7 às 17 horas.

Em Dourados, a Caravana Mais alimentos será realizada no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho, também das 7 às 17 horas, com abertura oficial marcada para as 10 horas. Além da modernização, o Pronaf Mais Alimentos também contempla projetos associados à apicultura, aquicultura, avicultura, bovinocultura de corte, bovinocultura de leite, caprinocultura, fruticultura, olericultura, ovinocultura, pesca e suinocultura e a produção de açafrão, arroz, centeio, feijão, mandioca, milho, sorgo e trigo.

Segundo o secretário adjunto da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Paulo Engel – que organiza o evento ao lado da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), MDA, distribuidores, indústrias, Famasul e sindicatos rurais, além de representantes de aproximadamente 30 prefeituras sul-mato-grossenses – a intenção é facilitar e ampliar o acesso ao crédito do Pronaf Mais Alimentos em todo o Estado. “Queremos ampliar a produção de alimentos e a rentabilidade do agricultor familiar”, salienta.

Com este objetivo, explica Engel, a secretária da Seprotur, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, traçou junto ao governo federal e iniciativa privada as parcerias necessárias para a realização da 1ª “Caravana Mais Alimentos” no Estado. “Hoje, infelizmente, muitos agricultores familiares que já possuem a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) desconhecem a existência deste programa, ou, ainda, não contam com projetos voltados à aquisição de equipamentos capazes de ampliar sua produção e rentabilidade”, explicou.

De acordo com o secretário ajunto da Seprotur, a linha de crédito do Pronaf Mais Alimentos - que possui teto de até R$ 100 mil por produtor - contempla a compra de aproximadamente 2800 equipamentos e implementos agrícolas. Outra vantagem do programa, aponta Engel, são as condições do crédito. “O financiamento possui taxa de juros de apenas 2% ao ano e prazo de pagamento de até 10 anos, com até três de carência”, destaca.

Paulo Engel conta que para enfrentar este desafio, foi estabelecido um cronograma de trabalho em conjunto com os técnicos da Seprotur, Agraer, MDA, prefeituras e Banco do Brasil, para que possa atrair o maior número de produtores à Caravana Mais Alimentos. Desta forma, foram escolhidas, além de Dourados, Ivinhema e Campo Grande, que recebem o evento, respectivamente, nos dias 2 e 4 de junho. “Queremos reunir todos os agricultores familiares aptos de cada uma destas regiões”, conclui Engel, lembrando que outra grande vantagem do programa Mais Alimentos são os descontos de até 15% para a compra de veículos automotores, máquinas e implementos destinados ao setor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 22.666 MORTES
Brasil tem mais 653 mortes, e vítimas da covid-19 no país chegam a 22.6
EMOCIONANTE - VIDEO
Esposo toca sanfona para esposa no hospital após ela receber alta de covid-19
ELEIÇÕES 2020?
Talvez seja inevitável adiar eleições municipais, diz Barroso
BRASIL 22.165 MORTES
Covid 19: Brasil tem mais de 22 mortes e 341 mil casos
FEMINICÍDIO
Homem mata a própria companheira por causa do auxílio emergencial
ESTRAGOS DO MORO
Veja os principais pontos da reunião ministerial que teve gravação divulgada pelo STF
ENEM
Enem 2020 é adiado por causa da Covid
SOB INVESTIGAÇÃO
Delegado diz que namorada viu mensagens no celular atirou nele e se matou
VITIMA DA COVID 19
Edivaldo perdeu o filho de 26 anos: 'Falaram que em 15 dias ele já estaria recuperado'
3º EM NUMERO DE CASOS
Brasil passa de 19 mil mortes e 296 mil casos de coronavirus; veja por Estado