Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 29 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Campeão terá o menor aproveitamento do Brasileirão por pontos corridos

5 Dez 2009 - 07h52Por Globo Esporte

Uma das marcas deste Campeonato Brasileiro foi o fato de que nenhum time conseguiu disparar na primeira colocação. Rodada após rodada, equipes diferentes foram se alternando na liderança sem conseguir uma margem segura de vantagem sobre os seus concorrentes. Não por acaso, a competição chegará ao seu fim com um "campeão fraco". Isso não significa que o vencedor não terá os seus méritos e que não demonstrou sua qualidade ao longo do campeonato. A expressão faz referência ao aproveitamento de pontos mais baixo do que a média de anos anteriores. Qualquer que seja o campeão nesta última rodada (Flamengo, Internacional, Palmeiras ou São Paulo), o aproveitamento será o menor da era dos pontos corridos.

O atual líder Flamengo pode chegar aos 67 pontos com uma vitória sobre o Grêmio neste domingo, no Maracanã. O aproveitamento seria de 59%. Os demais times podem chegar aos 57% em caso de vitória. Os números mais baixos dos pontos corridos até hoje são do Corinthians de 2005, que venceu o polêmico campeonato sem muitas facilidades também: 60% de aproveitamento. O melhor desempenho até hoje neste novo modelo de disputa é o Cruzeiro. Em 2003, primeiro ano disputado sem o tradicional mata-mata, os mineiros conquistaram 72% dos pontos. Confira abaixo a lista com os campeões e seus aproveitamentos desde 1971:

 

Equipes AP Equipes AP Equipes AP Equipes AP
Atlético-MG (1971) 42% Grêmio (1981) 41% Corinthians (1990) 43% Vasco (2000) 56%
Palmeiras (1972) 47% Flamengo (1982) 52% São Paulo (1991) 45% Atlético-PR  (2001) 68%
Palmeiras (1973) 52% Flamengo (1983) 45% Flamengo (1992) 40% Santos  (2002) 58%
Vasco (1974) 43% Fluminense (1984) 50% Palmeiras (1993) 55% Cruzeiro  (2003) 72%
Internacional (1975) 64% Coritiba (1985) 36% Palmeiras (1994) 49% Santos  (2004) 64%
Internacional (1976) 78% São Paulo (1986) 46% Botafogo (1995) 63% Corinthians  (2005) 60%
São Paulo (1977) 62% Sport (1987) 50% Grêmio (1996) 55% São Paulo  (2006) 68%
Guarani (1978) 56% Flamengo (1987) 42% Vasco (1997) 71% São Paulo  (2007) 67%
Internacional (1979) 57% Bahia (1988) 60% Corinthians (1998) 64% São Paulo  (2008) 66%
Flamengo (1980) 52% Vasco (1989) 46% Corinthians (1999) 68% Flamengo  (2009) 57%

Vale como curiosidade a regularidade do São Paulo

Leia Também

TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua