Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 10 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
Brasil

Campanha de vacinação contra contra febre aftosa começa hoje

4 Out 2010 - 08h14Por Dourados News

A Agência de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul (Iagro) começa nesta segunda-feira, dia 04 de outubro, a segunda etapa da campanha de vacinação, de bovinos e búfalos, na Zona de Alta Vigilância (ZAV) de Mato Grosso do Sul (faixa de 15 km localizada na fronteira do Estado com o Paraguai e a Bolívia). A segunda etapa segue até dia 31.

Segundo a diretora-presidente da Iagro, médica veterinária Maria Cristina Galvão Rosa Carrijo, cerca de 800 mil animais existentes nos municípios que compõe a ZAV (Bela Vista, Caracol, Porto Murtinho, Ponta Porã, Antônio João, Japorã, Mundo Novo, Corumbá, Sete Quedas, Aral Moreira, Coronel Sapucaia e Paranhos), deverão ser vacinados. “No Planalto, a vacinação começa em novembro, e a meta é vacinar, no total, 22 milhões de bovinos no Estado. Os produtores deverão se dirigir ao escritório local da Iagro para programar (documentação), com autorização do órgão”, informa a diretora, lembrando que para o sucesso da vacinação é importante a participação e o empenho de todos os pecuaristas da região.

Ministério da Agricultura

De acordo com o Ministério da Agricultura, em outubro, mais de 17,3 milhões de bovinos e búfalos deverão ser imunizados contra a febre aftosa no País. A segunda etapa da campanha de vacinação começa nesta sexta-feira (1°), e segue até o dia 31, nos Estados da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Roraima. Já na Zona de Alta Vigilância de Mato Grosso do Sul, a imunização do rebanho começa no dia 04 de outubro. Em Rondônia, a campanha será realizada de 15 de outubro a 15 de novembro.

“Essa ação é muito importante para a proteção do rebanho contra a doença, contribuindo para manutenção e ampliação das zonas livres de febre aftosa com vacinação no País”, explica Plínio Lopes, coordenador do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (Pnefa) do Ministério da Agricultura.

Hoje, 89% dos bovinos e búfalos estão em áreas consideradas livre de febre aftosa com ou sem vacinação. No País, 14 Estados e o Distrito Federal possuem o status de zona livre com vacinação: Acre, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

O centro-sul do Pará (46 municípios) e as cidades de Boca do Acre e Guajará, no Amazonas, apresentam a mesma classificação. Os demais Estados da região Nordeste e o nordeste do Pará são considerados como de médio risco para a doença; Roraima e noroeste do Pará, como de alto risco e Amazonas e Amapá, de risco desconhecido. Santa Catarina é a única Unidade da Federação reconhecida pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livre de febre aftosa sem vacinação.

A febre aftosa é uma doença altamente contagiosa, que causa febre e vesículas (bolhas) na boca, narinas, focinho, tetas e pés dos animais de casco fendido. As principais espécies suscetíveis são bovinos, búfalos, ovinos, caprinos e suínos, podendo também ser acometidos veados, cervos e camelos.

Leia Também

TENTATIVA DE ASSASSINATO
Coroinha é esfaqueado no pescoço durante missa em igreja
AUXILIO CAMINHONEIRO
Caixa libera consulta ao Auxílio Caminhoneiro
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Casal que adotou 3 irmãos autistas vítimas de maus-tratos comove internautas
DESUMANIDADE
Polícia interdita casa de repouso por tortura e sequestro de idosos
DENUNCIADO POR VIZINHOS
Mãe e filho são executados e corpos escondidos dentro de sofá velho jogado em lote baldio
AUXILIO BRASIL
Governo amplia Auxílio Brasil e mais 23,7 mil famílias vão receber em MS
ASSASSINATO
Campeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo morre após levar tiro na cabeça
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel