Menu
SADER_FULL
terça, 30 de novembro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Campanha contra dengue mobiliza população de Corumbá

5 Jan 2010 - 10h39Por Mídia Max

A campanha que visa combater a dengue em Corumbá em 2010 será lançada amanhã, 06 de janeiro, no Centro de Convenções no Porto Geral. A iniciativa envolve em torno de 480 pessoas e é uma ação conjunta das Secretarias de Infraestrutura; de Saúde; Prevfogo; Marinha; Exército; Projovem, agentes de Endemias e de Saúde do Município. Em 2009 a Gerência de Vigilância em Saúde registrou mais de 7 mil suspeitas da doença, sendo que 5,6 mil delas foram confirmadas.
“Esta campanha é apenas uma das atividades de prevenção, que na verdade são constantes o ano todo, não apenas em meses críticos. Damos ênfase nesta época do ano, janeiro a março, pois devido às chuvas, o mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue – encontra locais férteis para a procriação” explicou ao Diário a gerente de Vigilância em Saúde, Viviane Ametlla. A estimativa é visitar 49.759 imóveis durante os três meses que deve durar a ação.

A abertura contará com a participação do infectologista Rivaldo Venâncio da Cunha, doutor em Medicina Tropical e integrante do comitê de assessoria do Ministério da Saúde para dengue e febre amarela. Ele fará uma explanação sobre a doença. Haverá também a apresentação da metodologia de trabalho a ser desenvolvida. “Além das visitas nas casas, como já fazem os agentes a cada dois meses, teremos também limpeza de terrenos, que começou nesta primeira semana de janeiro. A Secretaria de Infraestrutura já está realizando a limpeza no bairro Aeroporto e esta campanha pretende se estender a todos os bairros da cidade”, enfatizou Viviane.

As diversas frentes de trabalho contarão com o auxílio do LIRAa ( Levantamento de Índice Rápido de Infestação de Aedes aegypti). “O LIRAa é um levantamento que busca identificar quais bairros apresentam maior probabilidade de desenvolvimento de casos de dengue. O levantamento deve ficar pronto ainda esta semana e apontará em quais bairros as atividades deverão ser intensificadas”, frisou Viviane. Nesta terça-feira, 05, começa uma parceira entre a Votorantim Cimentos e a Secretaria Executiva de Saúde Pública. “As ações de 2009 recolheram aproximadamente 7 mil pneus que serão incinerados pela Votorantim. É uma parceria de grande valia, pois pneus podem acumular água e ser um excelente foco para o mosquito da dengue. Não adianta recolher e estocar os pneus, é preciso destruí-los”, argumentou.

A gerente ressaltou que o Município está tomando todas as medidas de prevenção para evitar um novo surto de dengue em 2010 e que em último caso usará o fumacê. “Estamos sendo questionados sobre o uso do fumacê. É importante ressaltar que este método de prevenção só será usado em último caso”, afirmou Viviane Ametlla.

Dengue 2009

Em 2009 a Vigilância de Saúde registrou 7.262 suspeitas de caso de dengue e 5.694 casos confirmados. “Em 2009 foi o ano que tivemos uma forte epidemia da doença, porém nenhuma morte. É de grande importância frisarmos que em Corumbá houve apenas 3 casos de dengue hemorrágica e o fato de termos índice zero de óbitos é devido ao pronto atendimento dos funcionários da Saúde, que funcionou aos sábados, domingos e até feriados, além do Pronto-Socorro Municipal”, lembrou.

Em Corumbá os vírus da dengue que circularam foram dos tipos 1 e 2. “Em Campo Grande e na Bolívia já circula o vírus do tipo 3, que é uma forma da doença mais grave. A maior preocupação na nossa localidade é que como estamos na fronteira, corremos grande risco de surto”, observou.

Dicas de prevenção

“A maior dica para a prevenção contra dengue é a contribuição”, alertou Viviane Ametlla. Ela diz que se as pessoas fizerem uma limpeza constante nos quintais e evitarem lixo acumulado, a metade do trabalho de combate aos focos já será feito, pois evitando o foco, evitam-se mosquitos. “Nosso maior problema em 2009 foram as caixas d’água que ficam destampadas, isso devido à constante falta de água nos bairros. Logo, a população é forçada a armazenar o líquido em reservatórios sem nenhum cuidado ou tratamento.” Viviane revelou ao Diário que para 2010 foram encomendadas cerca de 10 mil tampas para reservatórios que serão distribuídas gratuitamente ao longo do ano para a população.

 

“ O lixo deve ser colocado para a coleta seletiva nos dias em que ela atua no bairro, pois o lixo acumulado em locais abandonados pode gerar pequenos reservatórios de água e a procriação do Aedes.” A gerente explicou que em Corumbá, 33 mil casas devem ser visitadas a cada 2 meses pelos agentes e que um mosquito procria em questão de semanas. “É uma ação que por parte da Secretaria está sendo feita da forma planejada, mas os moradores precisam verificar constantemente as caixas d’água, as canaletas, os vasos de plantas, as vasilhas de água dos animais e evitar sempre o acúmulo de lixo nas casas”, alertou a gerente.

 

“No caso de apresentar sintomas como febre, dor de cabeça e mal estar, procurar um médico imediatamente, nunca tomar remédio por conta própria”, enfatizou Viviane. “As pessoas têm o costume de ter febre e tomar um antitérmico. A dengue mata. Evitar a procriação do mosquito é o remédio mais eficaz”, reforçou.

Leia Também

PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho