Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 7 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Campanha contra a paralisia infantil imuniza 9,4 milhões de crianças

15 Jun 2010 - 08h28Por Agência Brasil

Mais de 9,4 milhões de crianças de até 5 anos de idade foram vacinadas na primeira etapa da campanha contra a poliomielite ocorrida no último sábado (12) – o equivalente a 60,4% da meta. Os dados parciais são do sistema de imunizações do Ministério da Saúde.

O alvo da campanha são 14,6 milhões de meninos e meninas em todo o país. Os estados e municípios que não alcançaram a cobertura mínima no sábado podem continuar a vacinar. A Secretaria de Saúde do Paraná decidiu prorrogar a vacinação até sexta-feira (18). O estado imunizou 515 mil crianças na primeira etapa – 66% do total de 736 mil – e que alcançar 95% de cobertura.

A segunda dose da vacina será aplicada no dia 14 de agosto. O Brasil está livre da paralisia infantil desde 1989. O governo mantém a campanha nacional por conta do risco de o vírus chegar ao Brasil proveniente de países com registro de casos da doença, como a Índia, o Afeganistão e a Nigéria.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem