Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 11 de maio de 2021
Busca
Brasil

Caminhoneiros conseguem adesão parcial à paralisação

26 Jul 2004 - 14h57
O "paradão nacional", iniciado à 0h de hoje pelos caminhoneiros, conseguiu a adesão parcial da categoria. Pelas estimativas da Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros), o nível de adesão varia de acordo com a região do país.

Nos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, por exemplo, a adesão ultrapassaria os 90%. O mesmo nível de paralisação também poderia ser verificado na Bahia, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

A greve teria menos intensidade nos Estados de São Paulo e Minas Gerais. Em São Paulo, os maiores focos de paralisação teriam ocorrido em São Bernardo e Santos.

A paralisação dos caminhoneiros é um protesto pela aplicação de R$ 8 bilhões dos recursos da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) na recuperação das malha rodoviária.

"Está na hora de o governo investir na estrutura rodoviária, ferroviária e portuária", disse o presidente da Abcam, José da Fonseca Lopes.

No entanto, outras entidades de representação dos caminhoneiros são contrários à paralisação. Esse é o caso da Frente Nacional dos Transportadores Rodoviários de Cargas, que considerou a paralisação "inconveniente e inoportuna", já que o governo "assumiu compromissos claros e específicos, que demandarão algum tempo para serem implementados".

A frente se reuniu na quinta-feira da semana passada com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, que garantiu que a recuperação da malha rodoviária foi iniciada.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto