Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 10 de maio de 2021
Busca
Brasil

Caminhoneiros autônomos param por 72 horas no domingo

22 Jul 2004 - 15h51
Os caminhoneiros autônomos, responsáveis por cerca de um terço do transporte de carga no país, vão parar suas atividades por 72 horas a partir do próximo domingo (25). A decisão foi tomada no início da tarde de hoje, em assembléia da categoria, depois de quase três horas de avaliação do movimento, na sede da Associação Brasileira dos Caminhoneiros. Participaram da assembléia cerca de 40 pessoas, representando os prestadores de serviços do setor em vários estados. A maioria levou para a reunião o resultado já tirado das bases, que haviam se manifestado a favor da paralisação nacional.

A categoria reivindica a aplicação dos recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) na recuperação das rodovias. Segundo cálculos apresentados pelo presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros, José da Fonseca Lopes, seriam necessários cerca de R$ 8 bilhões. Ele informou que a associação não vai participar da reunião dos representantes da Frente Nacional dos Caminhoneiros, prevista para as 16h de hoje, com os ministros da Integração nacional, Ciro Gomes, dos Transportes, Alfredo Nascimento, e da Justiça, Márcio Thomaz Bastos.

“Eles (os representantes da Frente Nacional) resolveram dar um voto de confiança ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Só que, infelizmente, nós, caminhoneiros, que enfrentamos as dificuldades da buraqueira e da falta de infra-estrutura nas estradas, decidimos levar a situação adiante”. Fonseca Lopes afirmou que a manifestação de protesto será pacífica. A recomendação é para que cada caminhoneiro permaneça em casa. A Associação Brasileiro dos Caminhoneiros tem 100 mil filiados e representa, segundo ele, cerca de 400 mil profissionais, em todo o país.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'