Menu
SADER_FULL
quarta, 16 de junho de 2021
Busca
Brasil

Câmara gastou mais de R$ 40 milhões com horas extras em 2009

8 Jan 2010 - 05h47Por G1

Dados obtidos pelo G1 nesta quinta-feira (7) revelam que a Câmara dos Deputados gastou R$ 44,4 milhões com pagamento de horas extras a servidores em 2009. O valor extrapola em 40% a quantia gasta durante 2008, quando a folha de pagamento da Casa recebeu R$ 27 milhões de aditivo.

Fornecidos pela própria Câmara, os números refletiriam, segundo assessoria da Casa, o aumento no número de sessões extraordinárias. Na Câmara, o pagamento adicional só é liberado quando o horário da sessão passa das 19h. Isso ocorreu em 58 sessões, durante 2008, e em 74 sessões, no ano passado.

Outra justificativa para o aumento de R$ 17,4 milhões nos pagamentos de hora extra seria, ainda segundo a assessoria, a mudança de postura da Casa diante da tramitação de Medidas Provisórias. Antes, as MPs trancavam a pauta do plenário depois de um período à espera de análise dos deputados. Com a nova interpretação da regra do trancamento, as medidas deixaram de inviabilizar os trabalhos, permitindo aos parlamentares realizar mais votações de projetos.

Em 2007, no entanto, quando as MPs ainda trancavam a pauta da Casa, os gastos com hora extra totalizaram R$ 39,7 milhões, valor inferior, mas ainda próximo ao registrado em 2009. Nesse caso, a batalha entre governo e oposição pela derrubada da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) teria impedido que os pagamentos fossem ainda maiores, já que boa parte das sessões foram obstruídas pelos oposicionistas.

A assessoria da Câmara também lembrou que o dispêndio em 2008 foi menor porque o trabalho foi prejudicado pelo calendário eleitoral, quando os deputados passaram mais tempo envolvidos com a campanha nos municípios e deixaram as votações de lado. 

Senado

Nesta quarta-feira (6), dados divulgados pela Secretaria de Comunicação Social do Senado revelaram um aumento no gasto com horas extras de R$ 3,7 milhões, em 2009. O valor gasto com horas extras subiu de R$ 83,9 milhões em 2008 para R$ 87,6 milhões em 2009. O crescimento da despesa em 4,4% acontece mesmo depois de a Casa ter anunciado regras mais rígidas no controle de ponto dos servidores e limitado as horas extras em no máximo duas por dia.

Em março do ano passado a Casa chegou a anunciar que implantaria um sistema de ponto eletrônico para controlar a frequência dos servidores, mas isto ainda não foi realizado. A Casa atribuiu o crescimento da despesa a um reajuste feito em outubro de 2008 do valor máximo que pode ser pago aos servidores a título de hora extra. Naquela ocasião, o valor subiu de R$ 1.324,80 para R$ 2.641,93.

Por isso, a Casa teve aumento de despesa mesmo reduzindo o número de funcionários beneficiados. Segundo as informações da Secretaria de Comunicação Social, o total de servidores autorizados a receber horas extras caiu de 4.227 em 2008 para 2.763 em 2009.

A principal medida anunciada em relação às horas extras, no entanto, ainda não foi implementada. Em março, após a revelação de que a Casa gastou R$ 6 milhões com o pagamento de horas extras durante o recesso parlamentar, o presidente do Senado José Sarney (
PMDB-AP) anunciou que seria adotado o modelo de ponto eletrônico para coibir irregularidades. Até agora, no entanto, o sistema não foi implementado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial
918d8b7fa56ee0a828ae4ad908fedeb3 ATENTADO AO PUDOR
Casal é flagrado fazendo sexo em plena praça pública no dia dos Namorados
TRAGEDIA NA RODOVIA
Jovem morre após desviar de buraco e cair com carro em córrego