Menu
SADER_FULL
sábado, 16 de outubro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Câmara de Dourados aprova processo seletivo para o HU

7 Dez 2005 - 07h27
Após muita discussão e uma manobra do líder do prefeito Laerte Tetila (PT) na Câmara, José Silvestre (PT), que pediu que o projeto de lei da prefeitura para a realização do processo seletivo para a contratação de funcionários para o HU (Hospital Universitário) de Dourados fosse analisado e votado em regime de urgência especial, os vereadores de Dourados autorizaram, por unanimidade, o município a realizar o concurso que viabilizará a contratação de pelo menos 420 servidores para o hospital.
O contrato dos atuais funcionários do HU vence no próximo dia 31 e a prefeitura, que continuará com a gerência do hospital pelos próximos três anos, necessita realizar o processo seletivo para a contratação de novos funcionários, já que os contratos não podem mais ser renovados.
A manobra de Silvestre descartou a necessidade de se realizar a segunda votação do projeto, que aconteceria apenas na sessão na próxima terça-feira, e possibilitou que o projeto fosse o primeiro da pauta a ser apreciado.
O pedido do líder do prefeito para alterar a tramitação do projeto de lei na Câmara atrasou a sessão por quase duas horas. A sessão ficou suspensa para que a superintendente do HU, Dinaci Ranzi, prestasse esclarecimentos aos vereadores sobre os critérios que serão utilizados pela prefeitura no processo seletivo.
O projeto do Executivo chegou à Câmara na sexta-feira para ser votado em regime de urgência e o Legislativo teria 20 dias para apreciar a matéria antes de levá-la a plenário.
Mesmo aprovando o projeto de lei, alguns vereadores fizeram duras críticas à forma como a prefeitura elaborou e encaminhou o projeto a Câmara.
De acordo com Carlinhos Cantor (PL), a Câmara teve que absorver uma responsabilidade muito grande, já que os vereadores tiveram que discutir e aprovar o projeto sem ter o mínimo de conhecimento de seu conteúdo. “A gente não teve tempo para discutir e conhecer o projeto. É muito arriscado, já que isto deixa brecha para que os direitos dos servidores de alguma forma possam ser desrespeitados no futuro”, comentou o vereador.
Os vereadores Jucemar Arnal (PDT), Paulo Henrique Bambu (PSC) e Humberto Teixeira Júnior (PFL) também não pouparam críticas à atuação da prefeitura na elaboração e encaminhamento do projeto.
Segundo Bambu, a prefeitura desrespeitou a Câmara, já que em uma reunião realizada na semana passada, com a presença da tutora da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) Milca Severino, ficou acertado que seria encaminhado o projeto completo para que a Casa pudesse fazer uma análise da lei. “A gente não sabe os critérios e regras que serão utilizadas neste processo seletivo. Não tivemos tempo nem de conhecermos o projeto, já que ele estava incompleto. Só votei a favor do regime de urgência especial e pela aprovação do projeto porque respeito os acordos das lideranças partidárias”.
O discurso do vereador foi muito vaiado pelo grupo de pelo menos cem servidores do HU que estiveram presentes na sessão com faixas e apitos para pressionar a aprovação do projeto de lei.
Datas
De acordo com Dinaci Ranzi, as datas das provas do processo seletivo do HU serão definidas amanhã, durante uma reunião entre a diretoria do hospital, representantes da prefeitura e procuradora-geral do município, Jovina Nevoletti Correa. O edital de processo seletivo deve ser publicado no Diário Oficial do município até a sexta-feira.
Segundo a superintendente do hospital, as inscrições para o processo seletivo ficarão abertas por um período bastante curto e toda a sociedade poderá participar e concorrer a uma vaga no HU. Os participantes do processo seletivo serão avaliados através de prova escrita, entrevistas e análise de currículo. A expectativa é de que as provas aconteçam antes do dia 25 deste mês.
 
 
 
 
Diário MS

Leia Também

BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'
NAUFRÁGIO
Barco naufraga e duas pessoas desaparecem; buscas continuam nesta segunda (11)
FOTO: REDES SOCIAIS DESCARGA FATAL
Jovem morre ao desligar geladeira da tomada após queda de raio