Menu
SADER_FULL
domingo, 31 de maio de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Câmara de Deodápolis aprova projeto para habitação

26 Mar 2007 - 10h10

A Câmara Municipal de Deodápolis, que tem na sua presidência o vereador Valmir de Lima Manoel (PFL), aprovou por unanimidade na última sessão ordinária da Casa de Leis, sessão esta realizada na última segunda-feira (19), o Projeto de Lei número 005/2007 de 06 de Março de 2007. Projeto que autoriza o Poder Executivo Municipal a firmar Convênio de Subsídio a Habitação de Interesse Social – PSH, e dá outras providências.

 

O referido projeto de lei do Executivo Municipal, conforme o Artigo 1º Fica o Poder Executivo Municipal de Deodápolis autorizado a celebrar convênio com as entidades, devidamente autorizadas a operar o Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social – PSH, com vistas a viabilizar operações do referido programa no Município de Deodápolis. O projeto constituíra objeto do Convênio de que trata o caput do artigo anterior, a contratação de operações de financiamentos e ou parcelamentos imobiliários de que trata o Decreto Federal nº 5.247 de 19 de outubro de 2004 e a Portaria Interministerial número 335 de 29 de setembro de 2005, alterada pela Portaria Interministerial número 611, de 28 de novembro de 2006, ambos em habitação para a população de baixa renda objetivando a redução de déficit habitacional do Município de Deodápolis.

 

Ficando assim o Poder Executivo Municipal autorizado a aportar aos beneficiários pelo Programa, recursos financeiros, bens ou serviços economicamente mensuráveis visando a complementação dos recursos necessários a execução das obras das unidades habitacionais a serem construídas. Os recursos financeiros a serem aportados não poderão ultrapassar o valor de R$ 7.000,00 (sete mil reais) por beneficiário. As áreas a serem utilizadas no PSH deverão contar com infra-estrutura necessária estabelecida na legislação municipal. Os lotes deverão ter área mínima de 200m², e os investimentos relativos a cada unidade integralizados pelo Poder Público Municipal ou estadual a título de complementação necessária para a viabilização e produção das unidades habitacionais no município.

 

O projeto de lei teve a aprovação dos nove vereadores da Casa, sendo eles: Presidente: Valmir de Lima Manoel (PFL), Vice-presidente: Francisco Elzébio de Oliveira (PDT), Primeiro Secretário: Cícero Alexandre da Silva (PL), Segundo Secretário: Maria Alves de Assis Souza (PFL). A Câmara é constituída pelos demais vereadores: Aparecida José Martins do Nascimento (PSDB), Márcio Teles Pereira (PT), Admilson Pereira de Moura (sem partido), Arnaldo Ferreira de Araújo “Nana” (PSB) e Jeomar Gomes “Tifinho” (PL). A Câmara Municipal que tem seus trabalhos legislativos todas as segundas-feiras com início a partir das 19h30 em sua plenária e conta com a credibilidade da população que comparece todas as sessões ordinárias.

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXÍLIO EMERGENCIAL
Mães menores de idade podem pedir auxílio emergencial, veja como
BONITO - MS - RESERVAS ANTECIPADAS
Em Bonito (MS), mergulho com cilindro no Rio Formoso, reserva antecipada até 50% de desconto, VEJA
600TÃO NA CONTA
Aniversariantes de janeiro podem transferir e sacar 2ª parcela dos R$ 600 neste sábado
FRIO, AR SECO E COVID-19
Frio, ar seco e covid-19, 'vassourinhas' do sistema respiratório ficam preguiçosas com o frio
ESCALADA DE ENTERROS
Brasil aproxima de 26 mil mortes por covid 19
ESTUPRO
Homem é preso em flagrante tentando estuprar mulher desacordada
AUXILIO EMERGENCIAL
A 2ª parcela do auxílio de R$ 600 foi cancelada? Saiba como resolver o problema
CORONAVIRUS NO BRASIL
Covid-19: Brasil passa dos 400 mil casos confirmados e 25 mil mortes
MORTES CONTINUAM
Brasil é o 2º país no mundo com infectados com o coronavirus
FRAUDE
URGENTE! 160 mil possíveis FRAUDES no auxílio emergencial de R$600