Menu
SADER_FULL
terça, 20 de abril de 2021
Busca
Brasil

Câmara avalia mudanças em leis para crianças

13 Out 2004 - 11h05
Desde a aprovação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), há 14 anos, a Câmara analisa novas propostas de mudanças nas leis para a infância. O ECA criou mecanismos de proteção, ampliou ações e programas e instituiu benefícios que mudaram o perfil do atendimento à criança no País, mas ainda há muitos detalhes a acertar.
As mudanças políticas, econômico-sociais e legais nos últimos anos acabaram provocando a necessidade de adaptações ou reformulações no Estatuto, em outras leis voltadas à criança e ao adolescente e até mesmo na Constituição. Por isso, tramitam atualmente na Câmara centenas de propostas que criam direitos, programas ou destinam recursos para ações voltadas às diversas áreas pelas quais o Estado deve zelar, como saúde, educação, trabalho e proteção do menor.
Nesta reportagem especial, você conhece as principais propostas em tramitação e as sugestões elaboradas pelo grupo de trabalho que analisou mudanças no ECA, cujo relatório final está pronto para ser votado.

 

Agência Câmara


Deixe seu Comentário

Leia Também

VITIMA DA COVID 19
Vídeo: enfermeiro que receitava cloroquina se passando por médico morre de Covid-19
OS AMORES DO REI
Roberto Carlos teve três casamentos, paixões secretas e perdas em seus 80 anos
JUVENTUDE EM ALERTA
Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas
ATAQUE CANINO
Pit bull mata criança de 2 anos e deixa o irmão dela ferido
VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas