Menu
SADER_FULL
quinta, 6 de maio de 2021
Busca
Brasil

Cai a blindagem e Neymar é criticado por seus companheiros

16 Set 2010 - 11h26Por G1

Em todas as vezes que Neymar cometeu vacilos, houve no Santos quem lhe passasse a mão na cabeça. O jovem prodígio santista sempre foi blindado contra críticas por assessores, pelo técnico Dorival Júnior e pelos outros jogadores. Mesmo quando o jogador foi punido (por chegar atrasado à concentração após festa de aniversário de Madson), o discurso era conciliador, no seguinte tom: “é um garoto, vai aprender”. Agora, porém, a situação é outra.

Após ter xingado Dorival nos minutos finais do confronto contra o Atlético-GO, na noite de ontem, na Vila Belmiro, em frente às câmeras e à torcida, Neymar virou alvo de críticas da torcida, do técnico e até de seus próprios companheiros. Todos admitem que, dessa vez, o garoto pisou feio na bola.

 

- Essa atitude que ele teve ninguém pode ter. Em todos os lugares, seja numa equipe de futebol ou numa empresa, há uma hierarquia que tem de ser respeitada. Acredito que o Neymar vai ter humildade suficiente para pedir desculpas - afirmou o atacante Marcel.

O lateral-esquerdo Léo, jogador mais experiente do elenco, afirma que Neymar será cobrado pelo grupo.

- Ele precisa de mais equilíbrio e maturidade. Acredito que ele vai entender a nossa cobrança, pois temos um comandante a quem devemos respeito.

A diretoria santista ainda não se pronunciou sobre quais medidas vai adotar para tentar contornar a crise.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo
VIOLAÇÃO
Vereador abre caixão para provar que idoso não morreu de covid; assista