Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Cafeicultores antecipam mais de R$ 300 milhões em pagamentos

16 Mar 2011 - 08h22Por

Os cafeicultores brasileiros anteciparam o pagamento de R$ 311 milhões contratados de linhas de crédito do governo, entre janeiro de 2010 e fevereiro de 2011.

São parcelas de financiamentos destinadas à colheita, estocagem e custeio da safra pagas antes da data de vencimento.

“Esse movimento extraordinário reflete a melhoria da rentabilidade do produtor em decorrência da recuperação dos preços do café ao longo do ano passado e neste início de 2011”, explica o ministro da Agricultura, Wagner Rossi.

“De modo geral, como o cafeicultor está mais capitalizado, consegue liquidar antecipadamente seus financiamentos”, completa.

Os R$ 311 milhões representam quase 10% de tudo o que os bancos e outras instituições financeiras reembolsaram, no período, ao Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), administrado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Todos os anos, o fundo repassa aos bancos recursos para financiar as etapas da produção do grão.

À medida que os produtores quitam as parcelas, essas instituições financeiras reembolsam o Funcafé.

A linha de crédito com maior antecipação de pagamento é a de estocagem. No ano passado e nos dois primeiros meses de 2011, o cafeicultor pagou antes do vencimento, R$ 154,7 milhões.

As liquidações adiantadas de financiamentos para colheita e custeio vêm em seguida com R$ 72,3 milhões e 52,6 milhões, respectivamente.

Somente em 2010, foram antecipados R$ 220,8 milhões em parcelas contratadas com recursos do Funcafé.

O valor representa 9% dos reembolsos recebidos pelo fundo. Em janeiro e fevereiro deste ano, os pagamentos adiantados chegam a R$ 90,3 milhões, 11,3% do que os bancos reembolsaram ao Funcafé.

Preço

Durante o ano passado, houve uma recuperação dos preços do café pago ao produtor. No dia 10 de março de 2010, o preço cotado no mercado interno era R$ 278,57, o café arábica tipo 6 bebida dura para melhor.

Já o valor fechado na quinta-feira, 10 de março, foi de R$ 539,76, diferença de 94%, segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Cepea/Esalq/USP).

Em relação ao preço mínimo fixado pelo governo federal (R$ 261,69) a valorização chega a 106,2%.

O pagamento antecipado de financiamentos do Funcafé é incomum. Até 2009, o governo adotou fortes medidas de apoio ao setor, com prorrogação de dívidas e compra de café, por meio de opções de venda e aquisições diretas.

“Naquele ano, em alguns momentos os preços de mercado estiveram abaixo do mínimo estipulado pelo governo. Um cenário bem diferente do que estamos vivendo agora”, afirma o ministro da Agricultura.(Ministéria da Agricultura)

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS