Menu
SADER_FULL
quarta, 8 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Café: governo libera R$ 1,5 milhão para pesquisas da Embrapa

2 Set 2004 - 17h56
Brasília, 2 - O governo vai liberar neste mês R$ 1,5 milhão para a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa-Café) para dar sequência ao projeto de estudos do Programa Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento (PNP&D). O recurso sairá do caixa do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). No meses de outubro e novembro serão liberadas mais duas parcelas para o programa, cada uma de R$ 1,5 milhão. Com a liberação desses R$ 4,5 milhões, a transferência de recursos para a Embrapa-Café somará R$ 7,72 milhões em 2004. O secretário de Produção e Comercialização, Linneu Costa Lima, do Ministério da Agricultura, disse ainda que será assinado nos próximos dias um convênio com a Fundação Procafé, com sede em Varginha (MG), no valor de R$ 280 mil. Esse valor será aplicado em atividades de desenvolvimento tecnológico, treinamento, difusão e tecnologia e assistência e execução de análises laboratoriais.
 
Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem