Menu
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
domingo, 5 de dezembro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Cadastro que formaliza pequenos empresas sai em 15 dias

3 Out 2009 - 10h31Por Conjuntura

O cadastro da Receita Federal para a formalização de microempreendedores individuais deve ser liberado, para Mato Grosso do Sul, em cerca de duas semanas.

Prevendo o início das operações de formalização de empresários cuja receita acumulada no ano não ultrapasse R$ 36 mil, o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), sancionou a Lei Complementar nº 142, instituindo o regime tributário diferenciado, que engloba também o Simples Nacional.

O secretário municipal de Receita, José César de Oliveira Estoduto, explica que, na realidade, as normas do Simples Nacional já estavam em aplicação desde a publicação da Lei Complementar Federal nº 123, que estabeleceu o Estatuto da Microempresa e unificou a cobrança de impostos.

“Uma lei federal é autoaplicável, mas quando ela vem, vem seca. Nós publicamos para dar uma debulhada nas regras”, explica.

A regulamentação da lei foi assinada pelo prefeito em julho deste ano, durante a realização do I Seminário de Prefeitos Empreendedores, realizado pelo Sebrae.

O presidente do Conselho Deliberativo do órgão, Luis Cláudio Sabedoti Fornari, destaca que a aplicação da legislação possibilita a atração de mais negócios.

Das regras previstas pela Lei Federal nº 123, a possibilidade de formalização dos microempreendores individuais é a grande novidade recepcionada pela legislação municipal e que busca tirar pequenos empresários da informalidade.

Costureiras, cabeleireiras, artesãos, manicures e diversos outros profissionais com faturamento até R$ 36 mil poderão ser formalizados como pessoas jurídicas, passando a ter direitos como aposentadoria por idade, por invalidez, licença-maternidade e, ainda, o pleito de empréstimos.

O microempreendedor fica isento do pagamento do IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica), IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), CSLL (Contribuição Social sobre Lucr o Líquido), Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), PIS (Programa de Integração Social) e do INSS patronal.

A cobrança de impostos será feita através do Documento de Arrecadação do Simples, que corresponde a 11% do salário mínimo (destinado ao INSS do empresário), ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) e ISS (Imposto Sobre Serviços).

Apesar do cadastro da Receita Federal ainda não estar liberado para Mato Grosso do Sul, o secretário de Receita recomenda que os interessados em sair da informalidade procurem um contabilista ou o Sebrae, que os orientarão sobre os procedimentos necessários.

O presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas , Ruberlei Bugarelli, ressalta que somente as empresas de contabilidade cadastradas no Simples Nacional estão habilitadas a prestar este serviço gratuitamente.

Mais informações sobre a lei do Microempreededor Individual podem ser acessadas no site do sindicato (www.sesconms.org.br) no Portal do Empreendedor (www.portaldoempreendedor.gov.br).

Leia Também

covid_04.12 COVID NO BRASIL
Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Deuteronômio em escritos posteriores
ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos