Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
Busca
Brasil

Caçadores presos atuavam como mercenários para os fazendeiros em MS

24 Jul 2010 - 08h24Por Campo Grande News

Além de promover “safáris” no Pantanal, os caçadores presos na Operação Jaguar também atuavam como mercenários, informou a Polícia Federal ao site Diarionline, de Corumbá.

Eles eram contratados por fazendeiros da região para matar as onças, que costumavam atacar os rebanhos bovinos.

“Fazendeiros, principalmente aqui do estado, contrataram algumas destas pessoas para matar. Isso foi comprovado durante as investigações”, afirmou o delegado Alexandre do Nascimento.

A ação da Polícia Federal, deflagrada em três estados (PR, MT e MS), resultou na prisão de 11 pessoas, incluindo quatro argentinos e um paraguaio.

Outras três pessoas estão foragidas, entre elas o taxidermista que empalhava os animais.

Ainda de acordo com o Diarionline, toda a operação foi coordenada de Corumbá, onde começaram as investigações.

O grupo foi monitorado pelos agentes da PF por quase um ano.

Somente o chefe da quadrilha, Eliseu Augusto Sicoli, é acusado de ter matado 28 onças em 2009. Todo o grupo pode ter matado mais de 100 animais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
TRAGÉDIA NO RIO
Barco vira com nove pessoas matando 3 crianças e 3 adultos
REVOLTA
Mulher tem parte do rosto destruído por ataque de pitbull sem coleira; assista
FLAGRA
Vigilante descobre traição e mata amante da esposa com 3 tiros
SOB INVESTIGAÇÃO
"Te achei!", gritou suspeito antes de matar jovem de 16 anos com 10 tiros