Menu
SADER_FULL
sexta, 17 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Bush chamará 70.000 soldados de volta ao País

16 Ago 2004 - 14h07
O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, deve chamar de volta ao país milhares de soldados atualmente em serviço na Europa e Ásia. Esta está sendo considerada uma estratégia de Bush para atrair votos das famílias dos militares nas próximas eleições. A retirada deve durar cerca de dez anos e será o maior movimento de tropas feito pelos Estados Unidos desde a época da Guerra Fria. O anúncio foi feito pelo próprio Bush durante discurso em uma convenção para veteranos de guerra, em Cincinnati.

Os planos do presidente afetarão cerca de 70.000 soldados além de 100.000 familiares e integrantes das equipes de suporte. Uma grande parte do efetivo será realocado em bases militares dos EUA. O restante dos soldados receberá promoções para postos no leste da Europa. Já os cerca de 200.000 soldados que estão agora no Iraque e Afeganistão não serão beneficiados pela medida.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas