Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Brasileiros estão prontos para a disputa do Rally Dakar

7 Dez 2006 - 15h12

O Rally Dakar, prova off-road mais famosa e perigosa do mundo, começa no dia 6 de janeiro, com largada em Lisboa, Portugal. No total, serão 8.696 quilômetros cruzando seis países diferentes e chegada prevista para o dia 21 de janeiro, em Dakar, no Senegal. Nesta edição, haverá um recorde de pilotos brasileiros, com oito participantes. Mas dois deles, em especial, têm algo a comemorar: Klever Kolberg e André Azevedo vão enfrentar o desafio pela 20ª vez.

Klever e André, ao lado de Jean Azevedo, fazem parte hoje da equipe Petrobras Lubrax. Depois de uma intensa preparação, eles estão prontos para o Rally Dakar. Além deles, o Brasil será representado por outros pilotos: os estreantes Dimas Matos, Carlos Ambrósio e Silvio de Barros nas motos; Paulo Nobre (segunda vez) e Riamburgo Ximenes (estréia) nos carros.

Jean Azevedo é irmão de André e vai disputar a prova pela oitava vez, sempre nas motos. Será o primeiro a embarcar para a Europa, no dia 25 de dezembro. Os veteranos da equipe, por sua vez, viajam no dia 1.º de janeiro: Klever compete nos carros e André, nos caminhões.

Preparação

Na primeira etapa do Rally Dakar, ainda na Europa, antes de entrar no continente africano, os pilotos enfrentam terreno cheio de buracos e chuva. O tempo em São Paulo nestes últimos dias colaborou para que a equipe Petrobras Lubrax fizesse seu penúltimo teste no Brasil. No sítio Base 84, em Itu, a 88km de São Paulo, os brasileiros puderam reproduzir na quarta-feira um pouco dessa fase européia.

Klever treina semanalmente nesta pista em Itu. Além dos treinos, as competições nacionais ajudam na pré-temporada para o Dakar. "O ideal seria participar de rali internacional como preparação, pois é totalmente diferente dos realizados no Brasil e você sente a diferença na corrida", afirma o piloto, que vai à academia diariamente para conseguir agüentar um dia inteiro dentro de um carro sacolejando.

O esforço físico é ainda maior dentro do caminhão, por causa do peso e do tamanho do veículo. André Azevedo segue uma linha de treinamento parecida com a de Klever. Ele faz academia diariamente, participa das competições nacionais e corre com seu caminhão em São José dos Campos - com menos freqüência do que necessário, já que não é qualquer pista que comporta as dimensões do veículo, que pesa mais de 10 toneladas.

Nas horas vagas, o piloto relembra seu início em outra categoria e anda de moto, o que serve para analisar suas condições. "Se eu consigo andar de moto, é sinal de que consigo agüentar os trancos dentro do caminhão. É o termômetro do meu condicionamento físico", conta André. Com uma coisa, todos eles concordam. A categoria motos é a mais desgastante. Além de ser bem menos seguro que andar de carro ou caminhão, o piloto de moto sente muito mais cada obstáculo das estradas. Isso sem contar que ele tem que desempenhar também o papel de navegador. São motivos suficientes para Klever e André não competirem mais na categoria.

Klever deixou a moto de lado e optou pelos carros. "Quis ocupar um espaço antes que um outro brasileiro ocupasse", justifica. E André resolveu ficar com os caminhões: "A categoria top, só que de idade", brinca o piloto de 46 anos.

Jean Azevedo é o mais preparado entre os três. Sua pré-temporada incluiu competições internacionais e quase uma semana de treinos no deserto do Atacama, no Chile, cujo terreno se assemelha com o deserto enfrentado no Rally Dakar. Para ele, essa experiência no exterior é fundamental para brigar pelas cinco primeiras colocações da prova. Fora isso, competições no Brasil, treinos semanais em São José dos Campos e academia diariamente. Tudo isso é necessário para a mais dura das categorias do mais difícil dos ralis.

O último treino conjunto da equipe irá ocorrer nos dias 12 e 13 de dezembro, em Cabo Frio, no Rio, onde as dunas da região reproduzirão o que os pilotos podem encontrar no deserto africano. Depois, é hora de embarcar para mais uma aventura no Rally Dakar.

 

 

Mídia Max

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro