Menu
SADER_FULL
domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Brasileiras derrotam as gregas no segundo jogo

16 Ago 2004 - 15h53
Depois de uma partida massacrante contra as japonesas, a Seleção Brasileira feminina de basquete teve um jogo mais disputado hoje contra a equipe da Grécia. Mesmo assim, garantiu a segunda vitória na Olimpíada com o placar final de 87 a 75.

Antes do início do jogo, a preocupação era quanto ao clima da partida, já que antes dos Jogos, o Brasil realizou um amistoso contra Grécia no qual a ala-armadora Iziane agrediu uma jogadora grega. A equipe brasileira recebeu várias críticas por parte da imprensa local.

O Brasil começou o jogo mantendo uma pequena distância no placar. Mesmo assim, não encontrou dificuldades e não sentiu a presença da torcida grega. O quarto inicial estava terminando em 24 a 19 quando, faltando dois segundos, Janeth fez uma cesta incrível do meio da quadra, deixando o placar em 27 a 19. É a segunda vez em olimpíada que a veterana do grupo faz um ponto como esse. A outra ocasião foi contra a Eslováquia, na estréia do Brasil em Sydney-2000.

O Brasil voltou para o segundo quarto abrindo 11 pontos de vantagem. Mas em uma jogada individual de ataque, Iziane caiu e deixou a quadra sentindo a perna esquerda. O técnico Antônio Carlos Barbosa colocou, então, Viviane em quadra que passou a fazer uma excelente partida, junto com Leila e Karla que também entraram do banco. O segundo quarto terminou em 50 a 43 e Helen com quatro bolas de três pontos convertidas.

O segundo tempo começou com a Grécia encostando em 50 a 49 e o Brasil ficando quase 3 minutos sem nenhuma cesta marcada. As jogadoras brasileiras começaram a errar bolas fáceis no rebote, a perder contra-ataques e a pecar na marcação, possibilitando bolas de três pontos das gregas. Aos quatro minutos, o Brasil ficou atrás no placar em 56 a 57. Helen ficou quase que o 3º quarto inteiro sem marcar. Com a marcação dura, as brasileiras mudaram a tática e começaram a forçar as gregas a cometerem faltas e ficarem penduradas na partida. O Brasil conseguiu terminar o período empatado em 64.

No último quarto, o Brasil acordou e partiu para cima. Iziane fez uma bela bola de três pontos, abrindo 71 a 64. Até os 6 minutos, a Grécia perdia o quarto por 14 a 0. A partir daí, a equipe soube administrar uma boa vantagem, apesar de errar bolas fáceis no ataque.

A partida foi válida pelo grupo A. No próximo dia 18, o Brasil tem uma parada mais difícil, em jogo contra a Rússia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas