Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 11 de maio de 2021
Busca
Brasil

Brasil tem uma das tarifas de energia mais caras do mundo

16 Jul 2004 - 16h36
 

A tarifa residencial de energia elétrica no Brasil é uma das mais caras do mundo. De acordo com pesquisa da ONG Ilumina (Instituto de Desenvolvimento Estratégico do Setor Elétrico), que inclui 31 países, o preço praticado no Brasil é o quinto maior.

O estudo foi baseado em um levantamento da OCDE (Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico) que não levou em conta o poder de compra em cada país. Porém, a Ilumina atualizou os números pelo índice da Paridade do Poder de Compra [que mede o tamanho de uma economia de acordo com os preços e a capacidade de compra de seus habitantes].

Após essa atualização, o preço da tarifa no Brasil subiu de US$ 0,083 por kWh (quilowatt/hora) --valor da pesquisa da OCDE-- para US$ 0,141 o kWh, sem a incidência de impostos nos dois casos.

Sem a correção, o valor de US$ 0,083 é o mesmo que o cobrado nos EUA, e, nesse caso, o Brasil ficaria na 25ª colocação no ranking das tarifas mais caras.

De acordo com o Ilumina, no entanto, a atualização dos dados é necessária devido à diferença do poder de compra nos países pesquisados. Como exemplo, é apresentada uma conta de 200 kWh, que sairia a um custo aproximado de US$ 16,60 (R$ 50,05 de acordo com o câmbio de ontem) tanto nos EUA quanto no Brasil.

"Pagar US$ 16,60 é bem mais fácil para um americano do que para um brasileiro. Essa quantia no Brasil corresponde a um poder de compra maior do que nos Estados Unidos. Portanto, no orçamento de um brasileiro, comprometer US$ 16,60 só com a conta de luz, 'desloca' a compra de uma variedade de produtos", diz a pesquisa do Ilumina.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto