Menu
SADER_FULL
quarta, 3 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Brasil tem maior saída de dólares para o mês de agosto em 15 anos

4 Set 2013 - 14h14Por Uol

A diferença entre saída e entrada de dólares no Brasil (chamado fluxo cambial) teve o pior resultado para meses de agosto em 15 anos. No mês, saíram do país US$ 5,850 bilhões a mais do que entraram, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (4) pelo Banco Central (BC).

É o pior desempenho para o mês de agosto desde 1998, quando debandaram US$ 11,786 bilhões, um recorde histórico.

Bolsa e dólar

A saída de recursos no mês passado foi 6,5 vezes superior à registrada um ano antes, quando o deficit havia sido de US $ 896 milhões.

Também é o pior desempenho mensal deste ano, perdendo para dezembro de 2012, quando o fluxo ficou negativo em US$ 6,755 bilhões.

É o terceiro mês seguido em que o resultado do fluxo cambial fica negativo. Desde junho, o país já perdeu US$ 9,933 bilhões, o que reduziu o saldo positivo do ano a US$ 2,238 bilhões. Esse resultado é apenas um décimo do contabilizado no mesmo período do ano passado, quando as sobras de dólares totalizaram US$ 22,989 bilhões.

Em agosto, o segmento financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações) ficou negativo em US$ 3,992 milhões.

O fluxo comercial (operações de câmbio relacionadas a exportações e importações) também registrou deficit, de US$ 1,858 bilhão. 

CLIQUE NA IMAGEM E ENTENDA COMO FUNCIONA O MERCADO DE DÓLAR

Financiamentos de prazos mais longos para exportações

As operações de Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) chegaram a US$ 3,136 bilhões. Os pagamentos antecipados ficaram em US$ 4,435 bilhões. Esses valores estão incluídos nas exportações, que totalizaram US$ 17,839 bilhões. As importações ficaram em US$ 19,697 bilhões.

Em julho, o Banco Central eliminou as restrições de prazos para que os exportadores financiem pagamentos antecipados. Antes, os exportadores que quisessem antecipar o recebimento das receitas com as vendas para o exterior podiam pegar empréstimos de até cinco anos. O BC derrubou esse limite, permitindo que financiamentos de prazos mais longos sejam concedidos.

A medida pode ajudar a aumentar a oferta de dólares no mercado, o que pode contribuir para empurrar a cotação para baixo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Brasil registra mais de 31 mil mortes por covid-19
COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial